CBF planeja mudanças no calendário do futebol brasileiro; Estaduais e Libertadores devem ser afetados

Sede da CBF no Rio de Janeiro (Foto: Cahê Mota)

Depois de muitas confusões durante as datas Fifa devido às convocações desfalcarem os clubes em jogos importantes, a CBF quer acabar com esses conflitos. Em reunião com a AFA, Associação de Futebol da Argentina, nesta semana, as entidades discutiram uma reforma geral no calendário sul-americano a partir de 2020.

Com o calendário do próximo ano já discutido, a confusão tende a continuar. Isso porque 2019 tem Copa América no Brasil, o que fará o Brasileirão ser espremido mais uma vez. Assim, novamente haverá conflitos entre os jogos da seleção e dos clubes.

Por isso a mudança só aconteceria a partir de 2020. E a primeira ideia é pedir à Conmebol a junção das datas da Sul-Americana e Libertadores. Outra possibilidade seria a diminuição de datas da fase preliminar da Libertadores.

No entanto, a CBF está ciente de que apenas essas mudanças serão insuficientes. Com isso, a possibilidade da redução dos Estaduais ganhou força dentro da entidade. Porém essa questão gera resistência das federações estaduais e a solução seria diminuí-los gradativamente.

Retirado de: Torcedores/Matheus Leal