Dirigente do Flamengo revela ter recebido propostas por três Garotos do Ninho

Ricardo Lomba durante coletiva no Ninho do Urubu (Foto: Gilvan de Souza/Flamengo)

O Flamengo se tornou um dos clubes mais bem administrados do Brasil. Não à toa, venceu inúmeros prêmios administrativos, embora os títulos não tenham sido conquistados dentro de campo. No entanto, entre muitas evoluções em que o Fla passou nos últimos anos, dentre elas, está o fato da categoria de base estar sendo mais valorizada e, também, assediada. Ricardo Lomba, candidato à presidência do Rubro-Negro, falou sobre o assunto.

Ricardo Lomba é, atualmente, o vice-presidente de futebol do Flamengo, que passou alguns meses sem ter ninguém no cargo, depois que Godinho teve problemas particulares. Porém, Lomba esteve em um período suficiente para ver Lucas Paquetá, Vinicius Jr e Felipe Vizeu serem vendidos para equipes europeias. Dessa vez, clubes monitoram outros “Garotos do Ninho“, como Lincoln, Jean Lucas e Vitor Gabriel, segundo o próprio dirigente.

— Volta e meia chegam sondagens, pelo Lincoln, Jean Lucas, até do Vitor Gabriel. Temos que ter um pouco de calma e preservarmos esses jogadores. Voltamos a ser vitrine no futebol mundial, agora todos olham para os nossos jogadores da base. Surgem essas especulações, e o que eu disse para muitos foi que o que aconteceu com o Paquetá não é que nós o perdemos, que bom que nós o perdemos só no fim do ano. Podemos incluir um jovem talento? Podemos. Mas tem que ser bom para o Flamengo —, disse o atual vice-presidente, no programa Expediente Futebol, da Fox Sports.

Ricardo Lomba, da Chapa Rosa, é um dos principais candidatos para vencer a eleição deste sábado (08), na Gávea. O VP representa a situação. Rodolfo Landim, da Chapa Roxa, é o principal oponente de Lomba nas urnas. Marcelo Vargas, da Chapa Branca, e José Peruano, da Chapa Amarela, completam a lista de aspirantes o maior cargo do Flamengo.

Retirado de: Coluna do Flamengo