Cruzeiro irá entrar com ação na FIFA contra o Flamengo por suposto aliciamento

Arrascaeta durante treinamento do Cruzeiro (Foto: Vinnicius Silva/Cruzeiro E.C.)

A novela envolvendo Cruzeiro, Flamengo e Arrascaeta ganhou mais um capítulo nesta segunda-feira (07). O departamento jurídico do clube mineiro notificou os cariocas e a CBF de que irá entrar com uma ação na FIFA por conta do aliciamento sobre o jogador por parte da diretoria rubro-negra. A informação é do portal Globo Esporte.

No entendimento dos cruzeirenses, o Fla seduziu o uruguaio com uma proposta salarial mais vantajosa. Segundo o narrador Jaime Junior, dos canais SporTV, o clube carioca teria oferecido R$ 1,5 milhões mensais, enquanto os mineiros pagam R$ 550 mil ao atleta que disputou a última Copa do Mundo, no ano passado, na Rússia.

O problema maior se iniciou no dia 3 de janeiro, quando Daniel Fonseca, empresário do meia-atacante, chegou com uma proposta do Flamengo em mãos para apresentar ao Cruzeiro. Sem acordo, Arrascaeta sequer se apresentou para realizar a pré-temporada com o restante do elenco. Com isso, o clube celeste já anunciou que irá multá-lo.

A multa rescisória para tirar Arrascaeta do Cruzeiro é de 80 milhões de euros (R$ 330 milhões), conforme revelou Itair Machado, vice-presidente de futebol, em entrevista aos canais Fox Sports. Porém, o dirigente aceita liberar o jogador, caso o clube mineiro receba 10 milhões de euros (cerca de R$ 43 milhões) líquidos pela negociação.

Retirado de: Coluna do Flamengo