Abel Braga rasga elogios a Diego Ribas e fala sobre o futuro do meia

Abel Braga durante duelo no Maracanã (Foto: Lucas Merçon/Fluminense)

O Flamengo entrou em campo na última quinta-feira (10) para enfrentar o Ajax (HOL), em partida que marcou a estreia da equipe na temporada 2019. Nos pênaltis, o Rubro-Negro superou o clube holandês e agora decidirá a Florida Cup contra o Eintracht Frankfurt, da Alemanha, no sábado (12). Em entrevista coletiva concedida após o jogo, o técnico Abel Braga foi perguntado sobre a chegada de Gabigol e de Arrascaeta, mas apenas desconversou.

– Não fui informado que oficialmente eles foram contratados. Só posso falar sobre eles quando Noval ou Pelaipe me contarem -, disse o treinador, optando por manter discrição em relação aos reforços de peso contratados pela equipe carioca.

Abel também revelou que teve uma conversa particular com Diego Ribas e enalteceu o comportamento do jogador, deixando claro que pretende contar com o camisa 10 da Gávea para a temporada. Ainda assim, o técnico despistou sobre o futuro do meia rubro-negro.

– Não posso falar sobre o futuro do Diego, ele é profissional. A proposta daqui (do Orlando City) parece que é maior, mais longa. Mas ele é um profissional, verdadeiro atleta. Tivemos uma conversa particular muito legal, muito boa, que me fez aumentar a admiração por ele. Vamos ver. Eu quero o jogador. Mas se vai ficar ou não, vamos ver -, declarou.

Confira mais trechos da entrevista concedida por Abel Braga:

Atuação do Ajax
Eu vi umas cinco vezes o jogo desse time contra o Bayern (de Munique). Há muito tempo não vejo uma equipe marcar tão bem a saída de bola como essa. Temos que analisar o que. A equipe deles estava com seis meses de pernas na frente. Tínhamos que pagar o preço.

Desempenho dos jogadores
A perna pesa, falta de ritmo. Ouvia o torcedor pedindo o time para frente, mas não tinha como, cara. Mantive a mesma equipe que vinha jogando e saio muito satisfeito. Temos que subir o primeiro degrau, mas não estar preocupado em olhar o final da escada. O time dos caras é muito bom. Sabíamos que seria um jogo de sofrimento e soubemos sofrer.

Atuação de Diego Ribas
No jogo de hoje o Diego sentiu como a maioria. Só dois ou três jogadores sentiram muito pouco. O jogador está inserido dentro do que o clube pretende. É um atleta querido, capitão por méritos e com conduta exemplar dentro e fora de campo.

Estreia na temporada e pressão por títulos
Não é obrigação, não (em ser campeão), mas é um desafio. Vamos entrar para ganhar muita coisa. É preciso ter um pouquinho de sorte e estamos com fome. Os jogadores querem esse recomeço, estão ansiosos e isso não vai ficar barato, não […] Dia 20 vai começar a vera. Por enquanto, para gente é pré-temporada. Tanto que no sábado vou começar com uma equipe diferente.

Retirado de: Coluna do Flamengo