Estreia perfeita! Bruno Henrique sai do banco, marca dois e garante virada do Flamengo sobre o Botafogo

Bruno Henrique e Gabigol durante comemoração do gol do Flamengo (Foto: Alexandre Vidal/Flamengo)

Botafogo e Flamengo se enfrentaram na tarde desde sábado (26 de janeiro), no estádio Nilton Santos, pela terceira rodada da fase de grupos da Taça Guanabara.

Em estreia perfeita, Bruno Henrique entrou na segunda etapa, marcou os dois gols, e virou a partida para o Mais Querido do Brasil, por 2 a 1.

RESUMO O JOGO

O Flamengo começou com tudo, tomando as iniciativas na partida. A primeira chance surgiu logo aos cinco minutos. Em escanteio curto cobrado na direita, Pará cruzou para Rodrigo Caio cabecear com muito perigo à meta adversária. No entanto, Gatito Fernández estava bem posicionado e defendeu sem dar rebote.

Aos 14, o Rubro-Negro perdeu ótima oportunidade para abrir o placar no Nilton Santos após erro na saída de bola do Alvinegro. Uribe avançou até a entrada da área e deixou Vitinho em boas condições para finalizar. O atacante, porém, bateu mal e desperdiçou grande chance.

O Botafogo, com clara proposta de se defender e tentar as jogadas de contra-ataque, ameaçou pela primeira vez aos 24 minutos e saiu à frente do placar. Jean arriscou de fora da área, e João Paulo desviou para o fundo da rede, acabando com qualquer possibilidade de defesa de Diego Alves.

A resposta do Flamengo foi rápida, mas ainda sem sucesso. Aos 25, Diego recebeu na área, conseguiu o giro e arrematou. A bola passou com muito perigo à direita de Gatito.

Sem ser objetivo e com muita dificuldade de dar sequência às jogadas, o clube da Gávea finalizou o primeiro tempo em desvantagem. Abel Braga, dando claro indício de insatisfação, colocou Bruno Henrique no aquecimento minutos antes do intervalo de jogo.

O Botafogo iniciou a etapa complementar com o mesmo objetivo: aproveitar os erros do Flamengo ao sair para o jogo e tentar ampliar a vantagem nos contra-ataques. E foi dessa forma que a equipe de General Severiano quase chegou ao segundo gol. Aos três minutos, Erik teve espaço para avançar pela direita e cruzou para a área, encontrando Kieza. O centroavante bateu de primeira, e a bola encontrou a trave do gol defendido por Diego Alves.

Abel Braga resolveu acionar Bruno Henrique no lugar de Vitinho. E a aposta do treinador deu certo. Foi do novo camisa 27 da Gávea o gol de empate no clássico, aos 18. Everton Ribeiro cobrou escanteio pela esquerda, e o atacante ex-Santos cabeceou com muita categoria, deslocando o goleiro Gatito Fernández.

Inspirado no jogo, Bruno Henrique quase virou para o Fla aos 22. Em jogada individual pela esquerda, o jogador passou com facilidade pela marcação, avançou à área e chutou, levando muito perigo ao gol botafoguense.

A partir do gol de empate, o Flamengo conseguiu espaço e manteve forte pressão sobre o Alvinegro. Em tarde de perfeita atuação, Bruno Henrique virou a partida para o Rubro-Negro aos 25. Oportunista, o atacante aproveitou bate e rebate na área adversária, e bateu colocado, sem dar chances de defesa a Gatito.

Com os tentos assinalados, o Flamengo permaneceu superior até o minuto final, enquanto o rival pouco ameaça e mostrava claros indícios de cansaço por parte de seus jogadores.

A equipe da Gávea volta a campo já na próxima terça-feira (29), para enfrentar o Boavista, até então segundo colocado do Grupo C da Taça Guanabara, com seis pontos conquistados. O Rubro-Negro, agora, passou para a liderança, com  sete pontos. O embate será disputado às 21h (horário de Brasília), no Maracanã.

Retirado de: Coluna do Flamengo