Saiba quem são as vítimas do incêndio no Ninho do Urubu confirmadas até o momento

Incêndio no Ninho do Urubu aconteceu na parte que era destinada às categorias de base (Foto: Reprodução/TV Globo)

Com muito pesar, a informação sobre o incêndio que atingiu na manhã desta sexta-feira (08 de fevereiro), no Centro de Treinamento do Flamengo, conhecido como Ninho do Urubu, em Vargem Grande, na zona Oeste da cidade do Rio de Janeiro, foi divulgada nos principais portais esportivos do Brasil.

Até o momento, foram identificadas seis vítimas de tal acidente. Confira abaixo quem são os atletas que já foram oficialmente reconhecidos.

Arthur Vinicius Silva

Arthur era natural de Volta Redonda, no Rio de Janeiro e vivia o melhor momento da breve carreira. Começou a carreira no futebol aos 10 anos jogando pelo time de sua cidade natal e chegou a equipe Rubro-Negra em 2017. O zagueiro era sobrinho do jogador de Andinho, que também atuou no Volta Redonda nos anos 90. Em nota, o clube do interior do Rio lamentou a morte do adolescente e informou que decidiu cancelar as festividades programadas para o aniversário do clube que seriam realizadas neste sábado, mesmo dia em que Arthur completaria 15 anos.

Athila Paixão

Natural de Lagarto (SE), Athila Paixão, de 15 anos, voltou para o Rio no domingo, quando suas férias terminaram. Ele estava no Flamengo desde abril do ano passado.

Bernardo Pisetta

Bernardo nasceu em Indaial, Santa Catarina. Na posição de goleiro, jogou pelo Athlético Paranaense e chegou no Flamengo em julho de 2018. Na ocasião, publicou nas suas redes sociais um agradecimento pela oportunidade: “a minha família que está sempre comigo…me motivando, incentivando e apoiando… Agora a distância será maior, mas estarão sempre em meus pensamentos…e no meu coração!”.

Christian Esmerio

O goleiro de 15 anos já havia sido convocado para atuar pela seleção brasileira de futebol. A última chamada foi em janeiro deste ano. Na ocasião, comemorou a conquista nas redes sociais: “Sempre uma honra vestir a camisa da seleção brasileira, agradeço a todos os envolvidos que fizeram isso ser possível”.

Vítor Isaías

O atacante iniciou a carreira no futebol jogando no Figueirense, em Santa Catarina. Antes de chegar ao Flamengo, em agosto de 2018, atuou pelo Athlético Paranaense. Tinha apenas 15 anos. O menino tinha o destino de ser artilheiro: em 2014, foi campeão e artilheiro da Copa Catarinense sub-11. No ano passado, já pelo Athletico-PR, voltou a ser o goleador máximo de um torneio de base: a ES-CUP.

Pablo Henrique

Pablo Henrique da Silva Matos tinha apenas 14 anos. O jogador nasceu em Oliveiras, a 150 km de Belo Horizonte, Minas Gerais. Em nota, a Câmara Municipal de Oliveiras lamentou a morte do atleta. “O adolescente era mais uma promessa do futebol oliveirense, mas infelizmente teve sua trajetória interrompida na manhã desta sexta-feira”. Pablo é primo do jogador Werley, zagueiro do Vasco.

Adaptado de: Extra