Segurança do Flamengo impediu que tragédia no Ninho do Urubu fosse ainda maior

Incêndio no Ninho do Urubu aconteceu na parte que era destinada às categorias de base (Foto: Reprodução/TV Globo)

Um incêndio ocorrido no Ninho do Urubu, na manhã da última sexta-feira (08), fez com que o Brasil acordasse mais triste. Ao todo, foram dez vítimas fatais, todas elas atletas das categorias de base do futebol do Flamengo. Entretanto, a quantidade de óbitos poderia ser ainda maior, caso o segurança Benedito Ferreira não tivesse conseguido salvar três jovens.

Testemunha do ocorrido, Benedito tirou dois dos jogadores do local do incêndio. Os nomes dos jogadores resgatados pelo segurança não foram revelados. Além de Benedito, o Boletim de Ocorrência indica o monitor Marcus Vinicius Medeiros como uma das testemunhas, conforme apurou a reportagem.

O boletim confirma que, na chegada ao local, as dez vítimas fatais já se encontravam sem vida. Além destes, há também três atletas feridos, sendo eles Jhonata Cruz Ventura, Cauan Emanuel Gomes e Francisco Diogo, que foram encaminhados ao Hospital Municipal Lourenço Jorge.

Retirado de: Coluna do Flamengo