Bons nomes? Flamengo mira zagueiro do Mônaco e do Shandong Luneng

Gil durante treinamento do Brasil (Foto: Rafael Ribeiro/CBF)

O Flamengo segue firme no planejamento para o restante da temporada. O clube analisa a contratação de um zagueiro para reforçar o atual elenco e tem dois alvos na mira: Jemerson, do Mônaco, da França, e Gil, que defende atualmente o Shandong Luneng, da China, segundo o site Uol Esporte.

O Flamengo analisa minuciosamente a situação de ambos os defensores. Isso porque, não deve ser fácil tirar os dois de seus clubes. Embora estejam na reta final de seus vínculos, tanto a equipe francesa quanto a chinesa devem querer uma compensação financeira vantajosa para aceitar a liberação.

O portal estima que para tirar Jemerson, que tem 26 anos, do Mônaco, o Flamengo tenha que desembolsar cerca de 5 milhões de euros — cerca de R$ 22 milhões. Outra possibilidade poderia ser prolongar o atual vínculo do defensor com os franceses, que termina no dia 30 de junho de 2020, para que ele fosse emprestado para o Rubro-Negro.

Gil, que tem 31 anos, é um caso ainda mais peculiar. Como o atual contrato do jogador termina em meado de janeiro de 2020, ele tem sido bastante sondado nas últimas janelas de transferências. Inclusive, o Corinthians, ex-clube do atleta, vive a esperança de repatria-lo. Além disso, os chineses sinalizam que só liberam o zagueiro com o pagamento de algo em torno de R$ 30 milhões.

Embora o Flamengo tenha um relatório positivo dos atuais zagueiros do plantel, há o interesse de reforçar o setor defensivo para que possa fechar o elenco. Vale ressaltar que o lateral direito Rafinha, que defende atualmente o Bayern de Munique, da Alemanha, está muito próximo do Rubro-Negro e deve chegar à Gávea em junho deste ano.

Leia também:

Retirado de: Coluna do Flamengo