Sem chances com Abel Braga, dois atacantes revelados pelo Flamengo irão ser dispensados

Nixon em ação com a camisa do Flamengo (Foto: Reprodução/Facebook)

Mesmo com os reforços de peso contratados para a temporada, o Flamengo tem dado uma atenção especial aos jogadores oriundos da base. César, Vitor Gabriel e Lucas Silva são exemplos, entrando constantemente nos jogos do Campeonato Carioca.

Entretanto, dois atletas não seguem na mesma condição: Nixon e Jajá. Ambos retornaram de empréstimo no início do ano e desde então não foram utilizados pelo técnico Abel Braga.

A reportagem do site Coluna do Flamengo apurou que os dois jogadores não estão com problemas físicos. Sendo assim, a não utilização se dá por opção da comissão técnica. Nos treinamentos no Ninho do Urubu, Nixon e Jajá têm realizado com frequência trabalhos separados juntos do zagueiro Rafael Santos e do atacante Orlando Berrío, ambos em fase de transição pós lesões na coxa esquerda.

Os jogadores voltaram ao Rubro-Negro após serem emprestados ao Kalmar FF, clube tradicional da Suécia. Sem oportunidades, ambos se encontram em fim de contrato na equipe carioca: o meia Jajá tem vínculo até 30 de maio de 2019, enquanto o atacante Nixon tem contrato encerrado um dia depois.

Atletas não tiveram sequência em outros clubes:

Emprestados para que tivessem sequência de jogos e adquirissem experiência, Nixon e Jajá pouco atuaram em suas passagens fora da Gávea. No caso do meio campista, foram apenas três partidas realizadas com a camisa do Kalmar FF, começando como titular apenas uma vez. Antes do time da Suécia, o jogador de 24 anos foi cedido ao Vila Nova, Tombense e Avaí, mas também não teve oportunidades para apresentar o seu futebol.

O caso de Nixon é ainda mais curioso, uma vez que o atacante teve chances no elenco principal do Flamengo, principalmente entre 2013 e 2014. Nos dois anos, contabilizou 59 jogos com a camisa rubro-negra e 13 gols marcados. O futebol do centroavante, de 26 anos, foi interrompido após uma séria lesão ocorrida em 2015, deixando-o fora de ação por um longo tempo, até ser emprestado. No Kalmar FF, foram apenas sete partidas disputadas. O atleta também acumula passagem sem brilho por ABC, Red Bull Brasil e América-MG.

Leia também:

Retirado de: Coluna do Flamengo