“Ninguém é obrigado a gostar de mim ou do meu trabalho”, diz Abel sobre críticas da torcida do Flamengo

Abel Braga gesticula para orientar jogadores do Flamengo, durante o clássico contra o Vasco (Foto: Alexandre Vidal/Flamengo)

O Flamengo venceu o Corinthians na última quarta-feira (15) e saiu na frente por uma vaga nas quartas de final da Copa do Brasil, mas novamente o desempenho da equipe foi questionado pela torcida. Principal alvo das críticas, o técnico Abel Braga revelou que a pressão nunca irá cessar e avaliou positivamente o seu trabalho à frente do clube da Gávea.

– Não vai cessar nunca (a pressão da torcida). E não cessa principalmente quando é pessoal. Mas temos que conviver com isso. Ninguém é obrigado a gostar de mim ou do meu trabalho. Eu gosto do meu trabalho. Estou feliz onde estou -, ressaltou o treinador durante entrevista coletiva concedida após a vitória em cima do Corinthians.

O segundo e decisivo jogo entre Flamengo e Corinthians acontecerá somente no dia 04 de junho, terça-feira, no Maracanã. Antes disso, o Flamengo volta a manter as suas atenções para o Campeonato Brasileiro, competição na qual enfrenta o Atlético-MG, no próximo sábado sábado (18), pela quinta rodada. A partida será disputada no Independência, às 19h, horário de Brasília.

Leia também:

Retirado de: Coluna do Flamengo