Antes de encarar o Athletico, Flamengo pode fazer treino em gramado sintético

Taça da Copa do Brasil (Foto: Tayrane Corrêa)

O calendário brasileiro está prestes a voltar à normalidade após a pausa para a Copa América. O Flamengo retorna à rotina em jogo decisivo: Jorge Jesus estreia como treinador no confronto contra o Athletico-PR, na Arena da Baixada, pelo jogo de ida das quartas de final da Copa do Brasil. O estádio atleticano tem uma peculiaridade no futebol brasileiro: é o único com gramado sintético na primeira divisão nacional.

Nos últimos anos, o Flamengo tem se acostumado a treinar em gramado sintético em preparação a jogos na casa atleticana, mas em 2019 a situação é diferente. Segundo o jornalista Victor Gammaro, o Mais Querido não fez nenhum trabalho neste tipo de solo visando ao jogo do dia 10, mas o clube afirma que “pode acontecer”. O jornalista ressalta ainda o retrospecto ruim do Fla na Arena da Baixada: em cinco jogos, são três derrotas e dois empates.

Por conta das baixas temperaturas da capital paranaense, o Athletico adotou esta tecnologia para solucionar o problema de gramados secos. A situação é aceita pela CBF, mas é consenso que o jogo é diferente neste tipo de solo.

Leia também:

Retirado de: Coluna do Fla