Lateral do Flamengo abre o jogo sobre o seu futuro: “Adoraria ficar, mas decidiram não renovar”

Trauco em ação pelo Flamengo, no estádio do Maracanã (Foto: Alexandre Vidal/Flamengo)

Miguel Trauco foi um dos destaques da seleção peruana que chegou à final da Copa América, mesmo diante da derrota por 3 x 1 imposta pela seleção brasileira. Já em Curitiba, à disposição do Flamengo para o embate desta quarta-feira (10), pela Copa do Brasil, contra o Athletico-PR, o jogador deu uma declaração que pode indicar seu futuro:

– Eu tenho um contrato até dezembro, eu adoraria ficar, eles decidiram não renovar -, afirmou o jogador ao site ‘Movistar Deportes’, de seu país, se referindo claramente ao clube rubro-negro.

Durante a competição sul-americana, os rumores sobre sua saída do Mais Querido foram frequentes, sobretudo em razão da movimentação do Flamengo no mercado, em busca de um nome para a posição, que hoje tem Renê como titular. Além disso, Miguel Trauco tem contrato até o final de 2019 e já está livre para assinar um pré-contrato com qualquer clube do futebol mundial.

O lateral chegou ao clube em 2016 e causou boa impressão, principalmente no setor ofensivo, com boas assistências e participação constante na construção de jogadas. No entanto, em 2017 e 2018 seu futebol caiu de produção e entrou em declínio, com severas críticas ao seu poder de marcação e atuação defensiva, embora permanecesse durante todo o período como titular absoluto da posição na Seleção do Peru.

Leia também:

Retirado de: Coluna do Fla