Devido a exigência da federação, lateral do Flamengo não será mais negociado; entenda

Gabigol e Klebinho durante treinamento no Ninho do Urubu (Foto: Alexandre Vidal/Flamengo)

O empréstimo de Klebinho para o Ittihad Riadi de Tanger, do Marrocos, “subiu no telhado” e não vai mais acontecer. O motivo é: a Federação de Futebol do país exige que o atleta tenha jogado, pelo menos, dez partidas pelo profissional. O jovem tem apenas sete com o time principal do Flamengo.

Negócio estava perto de ser sacramentado, os contratos chegaram a ser redigidos, mas o Ittihad Riadi de Tanger só passou a informação no momento da assinatura dos documentos, o que impossibilitou o desfecho. Com isso, Klebinho segue treinando no Flamengo até que uma outra oportunidade apareça.

Bernardo Escansette, empresário do atleta, foi procurado pela reportagem. O agente, entretanto, não quis falar sobre o assunto. O Flamengo, como de praxe, não comenta negociações. A FlaPress apurou que o caso criou desconforto, pois a equipe marroquina só falou sobre a exigência aos “45 do segundo tempo”.

O empréstimo de Klebinho para o Ittihad Riadi de Tanger seria de dois anos, podendo retornar quando completasse um. O contrato do lateral com o Flamengo, inclusive, seria estendido. Atualmente, o vínculo é válido até 2020 e passaria para dezembro de 2021.

Klebinho tem 20 anos e foi promovido ao time profissional do Flamengo em 2018. Com a chegada de João Lucas e Rafinha, o jovem lateral se tornou a quinta opção na posição, e a ideia da diretoria rubro-negra é emprestá-lo.

Retirado de: Fla Press

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here