Novo erro da arbitragem faz Flamengo cogitar reclamação na CBF

Sede da CBF no Rio de Janeiro (Foto: Cahê Mota)

Na vitória do Flamengo sobre o Grêmio no último sábado, por 3 a 1, no Maracanã, houve um lance polêmico quando o placar ainda estava no 0 a 0. Para ser preciso, tal lance ocorreu aos 21 minutos do primeiro tempo, quando o atacante Bruno Henrique foi derrubado pelo lateral Rafael Galhardo dentro da área, e o árbitro sequer revisou no VAR.

A diretoria rubro-negra, portanto, estuda fazer uma reclamação formal na CBF por conta do lance.

A forma como será feita também está sendo analisado pela diretoria, mas a tendência é que um representante do Flamengo compareça pessoalmente na CBF, como foi feito no Campeonato Carioca, quando o Rubro-Negro questionou a arbitragem em algumas partidas.

Nas ocasiões, Cacau Cotta, diretor geral de relações externas, foi quem executou o papel. O treinador Jorge Jesus também se mostrou insatisfeito com a atuação de Bráulio da Silva.

O português, na entrevista coletiva, expôs a insatisfação com o fato de o árbitro não ter marcado pênalti em Bruno Henrique.

“Não entendi como foi possível não marcarem o pênalti em Bruno Henrique no primeiro tempo. Puxão dentro da área vão marcar quatro, cinco pênaltis”.

O Flamengo volta a campo no próximo sábado para pegar o rival Vasco, no estádio Mané Garrincha, em Brasília, às 19h, pela 15ª rodada do Brasileirão.

Leia também:

Retirado de: 43 Minutos