Classificação para as semifinais da Copa do Brasil pode significar prêmio milionário para o Flamengo; veja valores

Taça da Copa do Brasil (Foto: Tayrane Corrêa)

Dia 27 de novembro de 2013. No Maracanã, Elias e Hernane faziam mais de 70 mil torcedores comemorarem o título da Copa do Brasil. Naquela ocasião, o Flamengo vencia o Athletico e conquistava o seu terceiro troféu do torneio.

Seis anos depois, os rubro-negros voltam a se enfrentar, desta vez pelas quartas de final da edição 2019, em duelo que carrega uma curiosidade financeira: caso os cariocas avancem à semifinal, lucrarão mais do que em toda a campanha do título de 2013.

Explica-se: Campeão da Copa do Brasil, o Flamengo faturou R$ 6 milhões somando os valores recebidos por todas as fases que disputou. Foram sete no total, iniciando na primeira eliminatória e caminhando até a decisão.

Com o considerável aumento das premiações do torneio ao longo dos anos, o duelo de rubro-negros reservará R$ 6,7 milhões para quem se classificar à semifinal da atual edição – sem incluir as etapas anteriores.

Por exemplo, a vitória na final que rendeu o conquista da Copa do Brasil de 2013 rendeu R$ 3 milhões ao Flamengo. Caso seja campeão neste ano, levará R$ 52 milhões apenas pelo jogo do título. As comparações também aumentam quando falamos das quartas de final. O Rubro-Negro levou R$ 700 mil ao eliminar o Botafogo. Neste ano, caso supere o Athletico, irá faturar quase dez vezes mais (R$ 6,7 milhões).

Vice-campeão em 2013, o Athletico desembolsou R$ 4,8 milhões ao longo do torneio. Nesta edição, já soma R$ 5,6 milhões – assim como o Flamengo – por ter se classificado nas oitavas e estar presente nas quartas do torneio. Como está disputando a Copa Libertadores, a equipe do técnico Jorge Jesus não precisou disputar as quatro fases anteriores.

No total, o campeão pode receber até R$ 70 milhões se vier desde a primeira fase. As equipes se enfrentam nesta quarta-feira, na Arena da Baixada, no jogo de ida, e no Maracanã, no próximo dia 17, pela volta.

Compare as cotas das competições:

Copa do Brasil 2013:

  • Fase preliminar: R$ 150 mil
  • Primeira fase: R$ 300 mil
  • Segunda fase: R$ 300 mil
  • Terceira fase: R$ 400 mil
  • Oitavas de final: R$ 500 mil
  • Quartas de final: R$ 700 mil
  • Semifinal: R$ 800 mil
  • Vice-campeão: R$ 1,8 milhão
  • Campeão: R$ 3 milhões

Copa do Brasil 2019:

  • Primeira fase: R$ 1,05 milhão
  • Segunda fase: R$ 1,25 milhão
  • Terceira fase: R$ 1,45 milhão
  • Quarta fase: R$ 1,9 milhão
  • Oitavas de final: R$ 2,5 milhões
  • Quartas de final: R$ 3,15 milhões
  • Semifinal: R$ 6,7 milhões
  • Vice-campeão: R$ 21 milhões
  • Campeão: R$ 52 milhões

“Vamos correr mais”

Durante coletiva de imprensa, na última terça-feira (09 de julho), Bruno Henrique concedeu entrevista coletiva e falou sobre correr mais na partida de logo mais. Confira a declaração completa abaixo:

Retirado de: Extra