Zagueiro do Flamengo, Rodrigo Caio, aponta diferenças entre a torcida flamenguista e a torcida do São Paulo

Rodrigo Caio e Gabigol durante treinamento no Ninho do Urubu (Foto: Alexandre Vidal/Flamengo)

Titular absoluto do Flamengo na temporada, Rodrigo Caio se manteve no time com Abel Braga e também com Jorge Jesus. No entanto, a equipe mudou bastante com a chegada o português, algo destacado pelo defensor.

Em entrevista exclusiva ao site Fox Sports, o camisa 3 abriu o jogo sobre essa troca de filosofia no trabalho. Para Rodrigo, o time rubro-negro está um pouco mais sólido em quase três meses com Jorge Jesus dirigindo o Flamengo:

“Vejo o time mais consistente. É uma coisa que eu sempre procuro falar. Um time se resume em 11 jogadores, não é somente a zaga. Quando toma gol, a culpa não é somente da zaga. Claro, existem alguns erros individuais, mas vejo o time mais consistente hoje, mais forte. Todos se ajudando, acho que isso favorece todos os jogadores e acaba enaltecendo todos”, explicou Rodrigo Caio.

Veja abaixo outras respostas de Rodrigo Caio na entrevista:

Qual a principal diferença entre Flamengo e Grêmio na atualidade?

São duas grandes equipes, com estilo de posse, de jogar com a bola, de querer propor jogo. Acho que isso é algo que as duas equipes gostam de fazer. Cada um com a sua ideia de jogo, cada um com sua forma de pensar o jogo. Acredito que será uma grande semifinal, digna de uma semifinal de Libertadores. Que possamos estar em grandes dias, fazer nosso melhor e conseguir as vitórias nos jogos.

Quem você considera o melhor zagueiro do Brasil atualmente?

Eu gosto do Cuesta (do Internacional), gosto do Rodrigo Caio (risos) … gosto muito de um zagueiro que poucos falam, que é o Luiz Otávio, do Ceará.

Você jogou em dois gigantes, São Paulo, e agora Flamengo: qual a maior diferença entre as duas torcidas?

Cada um com a sua paixão. A torcida do Flamengo é fascinante. Eu tenho o prazer de poder vestir essa camisa e sentir essa energia, essa atmosfera que é, principalmente dentro do Maracanã. Mas o mais bacana é você vê a torcida do Flamengo em todos os estádios, tanto dentro quanto fora de casa. Claro, dentro do Maracanã, quando eles lotam, é uma linda festa e um fator positivo para nós.

Você tem alguma música preferida da torcida do Flamengo?

“Dezembro de 81”… cara, sou ruim demais para cantar. Vou mal demais (risos).

Se você pudesse levar cinco jogadores do Flamengo para a Seleção: quais seriam?

Rapaz… eu levaria Rafinha, Filipe Luís, Rodrigo Caio, Everton Ribeiro e Gabigol.

10 dos 20 clubes do Brasileirão 2019 trocaram de técnico até a 17ª rodada. Quanto isso atrapalha no futebol?

Atrapalha 90%. Vejo que a continuidade do trabalho é fundamental para o crescimento da equipe, dos jogadores. Claro, o resultado é importante, mas vejo que quando você consegue dar um pouco de confiança para o treinador mostrar o trabalho, quem ganha é a equipe, o clube. Faz com que a equipe se fortaleça ainda mais.

Retirado de: Fox Sports

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here