‘O melhor venceu’, crava Gabigol após título do Flamengo

Rodrigo Caio e Gabigol durante treinamento no Ninho do Urubu (Foto: Alexandre Vidal/Flamengo)
Banner Stake

Um dos principais jogadores do Flamengo, o atacante Gabigol comemorou bastante o seu primeiro título pelo clube carioca. Apesar de ter passado em branco na decisão, ele descartou qualquer tipo de competição interna com Bruno Henrique pela artilharia da equipe no ano.

“Foi um grande jogo, fomos campeão. O melhor venceu. Ele (Bruno Henrique) pode ser artilheiro de tudo, eu só quero ser campeão”, disse o camisa 9 à Rede Globo.

Neste domingo, o Flamengo repetiu o placar do primeiro jogo da final do Carioca. No Maracanã, a equipe comandada por Abel Braga venceu o Vasco por 2 a 0 e se sagrou campeã do torneio.

Com um elenco milionário e reforços de peso, o Flamengo passou o campeonato com perguntas sobre a “obrigação” de ser campeão carioca. Mas o caminho até a taça não foi tão tranquilo: o técnico Abel Braga, que sofreu uma arritmia no fim de março e teve que passar por uma cirurgia no coração, sofreu com questionamentos, um deles sobre a presença de Arrascaeta no banco. Vitinho, por sua vez, autor do segundo gol da vitória de ontem por 2 a 0 sobre o Vasco, viveu uma relação de altos e baixos com a torcida.

“Estou muito feliz. O que acontece comigo, quando a gente reverte uma situação, é muito grandioso. Tenho certeza de que vou conseguir, essa vitória é espetacular para mim”, afirmou Vitinho.

Abel elogiou a atuação do Vasco na partida de ontem, mas destacou a campanha rubro-negra: “Conquista não é feita de um jogo. Não foi a melhor partida do ano, mas foi jogo inteligente. No jogo em si o Vasco foi superior”.

O goleiro Diego Alves festejou o título pelo Flamengo após um momento conturbado no ano passado, quando terminou afastado do elenco após discussão com o técnico Dorival Júnior: “Quem está de fora acha que é obrigação ganhar, mas o Carioca é difícil. Pelo lado individual, eu sempre tenho confiança no meu trabalho, no que faço. Agradeço a todos que me apoiaram para eu ficar aqui. Foi o primeiro de muitos”.

“CEREJA DO BOLO”

Autor do primeiro gol da vitória, Willian Arão comemorou a conquista como “a cereja do bolo”: “A gente vem jogando bem, trabalhando bem. A gente fez por merecer. Em cada partida, cada jogada, ninguém nos deu nada”.

Constantemente pedido pela torcida no time titular, Arrascaeta festejou a boa fase: “Momento muito bom, fico muito feliz pelo torcedor e pela equipe, que lutou muito. É difícil ser campeão. Nosso time está preparado para ter um ano muito bom”.

Artilheiro do Carioca, com oito gols, Bruno Henrique também fez o seu agradecimento: “Artilharia vai para todos também, torcida, jogadores que me deram passe”. Gabigol terminou a competição com sete gols: “Estou muito feliz. Já fui campeão aqui (no Maracanã). Foi um grande jogo, o melhor venceu. Ele (Bruno Henrique) pode ser artilheiro de tudo, eu só quero ser campeão”.

Na festa do título, coube a Juan, prestes a se aposentar, levantar a taça de campeão. Na quarta-feira, o Flamengo enfrenta a LDU, em Quito pela Libertadores. “Time que em casa é difícil de bater”, alertou Abel.

Retirado de: O Dia