Diretoria mantém confiança em Abel e descarta mudança imediata no comando do Flamengo, diz portal

Para receber orientações, jogadores do Flamengo fazem uma rodinha em um campo do Ninho do Urubu (Foto: Alexandre Vidal/Flamengo)
Banner Stake

Após mais uma atuação abaixo do esperado, o Flamengo saiu derrotado para a LDU, de virada, em jogo disputado na última quarta (24 de abril), pela quinta rodada da Libertadores.

O técnico Abel Braga foi o maior alvo dos torcedores, que também não pouparam críticas aos laterais da equipe. Diante do clima tumultuado, o departamento de futebol prega cautela e uma mudança imediata no comando do time segue descartada. A informação foi publicada pelo portal Globo Esporte.

De acordo com o veículo, a diretoria ainda mantém confiança em “Abelão”, com a justificativa de que os resultados foram alcançados até o momento. O argumento se baseia no título do Campeonato Carioca e na liderança do grupo na Libertadores, que segue com o Fla mesmo após o revés sofrido para os equatorianos. Sendo assim, o planejamento está dentro do projetado pela cúpula rubro-negra.

Os dirigentes também adotam a estratégia de administrar o ambiente às vésperas da estreia no Brasileirão, contra o Cruzeiro, o que reforça a ideia de que a demissão de Abel Braga está fora dos planos. A decisão de alterar o planejamento e utilizar os titulares para a partida contra a equipe celeste foi tomada de maneira conjunta por diretoria e comissão técnica.

Pela Conmebol Libertadores, o Flamengo segue estacionado nos nove pontos no Grupo D após derrota sofrida para a LDU. Dessa maneira, para avançar às oitavas do torneio sem contar com uma combinação de resultados, o clube da Gávea precisa ao menos arrancar um empate com o Peñarol (URU), em Montevidéu. O embate, no entanto, acontece somente no dia 8 de maio. Antes disso, o Rubro-Negro enfrenta o Cruzeiro, no próximo sábado (27), pela primeira rodada do Brasileirão, sendo mais uma prova de fogo para o contestado Abel Braga.

Retirado de: Coluna do Flamengo