PSG estuda contratação de Lucas Paquetá, e Flamengo pode ter lucro milionário em negociação

Lucas Paquetá durante treinamento no Ninho do Urubu (Foto: Gilvan de Souza/Flamengo)
Banner Stake

O meia Lucas Paquetá é uma das revelações recentes do Flamengo, apontado como um dos atletas mais promissores do futebol mundial.

Atualmente no Milan e disputando a Copa América pela seleção brasileira, a primeira impressão do jogador na Europa foi positiva, uma vez que se tornou peça-chave para a equipe rossonera. Não a toa, o PSG, que segue com o sonho de se estabelecer entre os grandes do continente, tem interesse em levar o jovem para seu plantel, e o Fla terá porcentagem de lucro caso a negociação se concretize.

De acordo com o jornal Corriere dello Sport, a contratação de Paquetá seria um desejo de Leonardo, diretor de futebol da equipe parisiense, que foi fundamental para a ida do Garoto do Ninho para o Milan. Agora, de volta ao time francês, ele teria o desejo de contar novamente com Lucas Paquetá em seu plantel.

O jornal italiano não indica possíveis valores da transferência. Porém, contando que a ida de Paquetá para o Milan foi pelo montante de R$ 150 milhões, é certo que o clube não aceitaria menos para vendê-lo ao PSG.

Diante deste desta situação, o Flamengo, certamente, receberá um montante milionário, devido aos 5% que correspondem a porcentagem destinada aos clubes formadores.

Vale destacar que, como tem 21 anos, Paquetá ainda é apontado pela Fifa como “atleta em formação”, uma vez que tal período é considerado dos 12 aos 23 anos. Contratado pelo Milan na reta final de 2018, o meia carioca tem vínculo com a equipe até julho de 2023, com valor de mercado em torno de 35 milhões de euros, segundo o Transfermarkt.

Adaptado de: Coluna do Fla