Atacante do Flamengo Bruno Henrique, revela que o técnico Jorge Jesus proibiu jogadores de usarem celular durante refeições

Jorge Jesus durante coletiva de imprensa (Foto: Alexandre Vidal/Flamengo)
Banner Stake

O Flamengo tem passado por um choque de cultura nos últimos meses. Isso porque, desde a chegada de Jorge Jesus ao Rubro-Negro, algumas normas foram repassadas aos jogadores. Dentre elas, está o fato dos atletas não poderem utilizar seus celulares durante as refeições.

Quem falou sobre o assunto foi o atacante Bruno Henrique, em entrevista ao programa Fox Sports Rádio. O jogador foi questionado se tinha proibição também de irem à praia.

O jogador explicou que não há, mas existe uma recomendação para que esperem por ocasiões que não tenham jogos no meio de semana. Já quanto ao celular, o ponta vê com bons olhos, pois assim há mais interação entre o elenco.

— Ele colocou algumas regras aqui sim. Frequentar a praia, teve um mal-entendido. Não tem como morar no Rio de Janeiro e não frequentar a praia, ele mesmo já falou isso. Não tem cabimento. O que ele ponderou e frisou é que, em semanas decisivas, jogos atrás de jogos, é para descansarmos, pois terão momentos, terá a hora certa, como na semana que vem, que jogaremos só no final de semana. Ele não proibiu, só pediu para descansarmos o máximo -, disse, antes de prosseguiu:

— Quanto ao celular, é verdade sim. Durante a refeição, ele colocou isso, ninguém pode usar o celular. Eu acredito que seja uma conduta boa. Porque, assim, os jogadores conversam mais, se comunicam mais, na Europa é assim. Então, eu não vejo problema algum a respeito do celular -, finalizou Bruno Henrique.

Bruno Henrique é o vice-artilheiro do Flamengo na temporada, com 15 gols. Ele fica atrás apenas de Gabigol, que balançou as redes 22 vezes nesta temporada. Bruno ainda tem 10 assistências com a camisa rubro-negra.

Retirado de: Coluna do Fla