Jornalista contesta nível da final da Copa do Brasil e brinca: “Talvez o Flamengo esteja me deixando mal acostumado”

Elenco do Flamengo durante treinamento na Gávea (Foto: Alexandre Vidal/Flamengo)

A Copa do Brasil chegou à sua final, tendo o primeiro jogo disputado na noite da última quarta-feira (11), no qual o Athletico Paranaense bateu o Internacional por 1 a 0, na Arena da Baixada. Apesar de marcar uma decisão, há quem acredite que o jogo contou com ‘pouca emoção’. Até mesmo o jornalista André Rizek, da emissora SporTV, contestou o que fora apresentado em campo e citou o Flamengo como um exemplo.

Em breve análise realizada através de seu Twitter, Rizek contestou não somente os 90 minutos do primeiro jogo da final, mas sim o estilo de jogo que o a maior parte dos clubes brasileiros têm adotado. Ao citar o Flamengo, o jornalista apontou Jorge Jesus como o principal motivo para tal momento.

Leia também:

“O jogo de Curitiba foi bem mais ou menos. Na verdade, foi na média do que se pratica por aqui no futebol brasileiro. Esperava mais emoção. Talvez seja porque o Flamengo do Jorge Jesus está me deixando mal acostumado… #clubedojesus”, escreveu ele.

Para seguir encantando e buscando o título do Brasileirão, o Flamengo entra em campo às 17h deste sábado (14), contra o Santos. Com 39 pontos, o Rubro-Negro é líder, enquanto a equipe paulista tem 37. Sendo assim, quem vencer o jogo terminará o primeiro turno do campeonato como melhor time da competição. Além disso, para o Fla, uma vitória significa fechar a primeira parte do Brasileiro com 100% de aproveitamento como mandante.

Retirado de: Coluna do Fla