De olho no rival: Grêmio terá diversos desfalques para a partida contra o Flamengo, pela Copa Libertadores da América

Taça da Copa Libertadores da América (Foto: Divulgação/Conmebol)

O embate contra o Flamengo pelas semifinais da Libertadores se aproxima. Se o time de Jorge Jesus encanta pelo ímpeto ofensivo, o Grêmio não fica atrás. Porém, o grupo tricolor sofre com um transtorno: as baixas por problemas clínicos. Mais uma vez, Renato Gaúcho precisa fazer valer a força do conjunto e buscar alternativas para remontar a equipe.

Na vitória por 3 a 0 sobre o Santos na Vila Belmiro, o técnico perdeu Bruno Cortez. O lateral-esquerdo apresentou um desconforto na panturrilha esquerda. Para evitar que a situação agravasse, optou pela entrada de Juninho Capixaba na volta do intervalo.

Leia também:

Em um primeiro momento, não existia tanta preocupação pelo desejo de Cortez voltar ao gramado. No entanto, será submetido a um exame para saber o que realmente ocorreu, como revelou Renato Gaúcho ainda em Santos.

  • Esperamos que não seja nada grave. Ele sentiu uma lesão, mas pediu para voltar. Eu tirei para não arriscar. Aguardaremos. Ele fará o exame e veremos se constatará alguma lesão – disse.

Se há incógnita quando ao tamanho do problema de Cortez, a questão referente a Jean Pyerre já é conhecida. O meia sofreu uma lesão na coxa direita e ficará afastado dos gramados por cerca de um mês. Ou seja, a menos que ocorra uma recuperação mais rápida que o esperado, dificilmente enfrentará os cariocas na Libertadores.

  • Ele (Jean Pyerre) teve uma lesão no (músculo) reto femoral. Demora 20, 25, 30 dias para se recuperar. Nem podemos prever (a volta), porque cada jogador reage de uma forma. Ele precisará fazer a recuperação. Aparentemente, está fora dos dois jogos (contra o Flamengo) – afirmou o diretor de futebol Deco Nascimento.

Já contra o Peixe, Renato mostrou o que pretende. Juninho entrou na vaga de Cortez. Para ser o criador do Grêmio, o treinador voltou a apostar em Luan. O Rei da América em 2017 marcou um dos gols da vitória por 3 a 0.

Ainda no departamento médico está Pedro Geromel. O capitão gremista se recupera do mesmo problema de Jean Pyerre. A previsão era que o zagueiro estivesse à disposição em três semanas, o que, caso não ocorra contratempo, o permita enfrentar o Flamengo. Caso siga vetado, David Braz será o parceiro de Kannemann.

Leonardo Gomes rompeu o ligamento do joelho direito. Submetido a cirurgia, só voltará aos gramados na próxima temporada. Como Léo Moura ainda recupera-se de lesão na coxa esquerda, Rafael Galhardo tem sido utilizado na função.

Em meio aos problemas, Renato aposta na solidez de um grupo acostumado a decisões. O início da disputa das semifinais da Libertadores será no dia 2 de outubro na Arena.

Retirado de: Globo Esporte