Lateral do Flamengo, Rafinha elogia o time do Grêmio, cita Robben e Ribéry e se diz ‘vacinado’ para duelo da Copa Libertadores

Rafinha durante treinamento no Ninho Do Urubu (Foto: Alexandre Vidal/Flamengo)

Logo após o empate por 0 a 0 com o São Paulo, no Maracanã, pelo Campeonato Brasileiro, o Flamengo já virou a ficha para as semifinais da Conmebol Libertadores, contra o Grêmio – o duelo de ida acontece nesta quarta-feira (2 de outubro), em Porto Alegre, com transmissão dos canais FOX Sports.

Na zona mista do Maraca, Rafinha foi questionado sobre o enfrentamento com Everton Cebolinha, que vive grande fase no Tricolor e é peça importante na Seleção Brasileira de Tite.

Leia também:

O experiente lateral sabe que deve encarar o rival, que atua pelo seu lado de campo, mas evitou individualizar.

“Temos que nos preocupar com a equipe toda do Grêmio, que é muito forte, tem grandes jogadores que podem decidir o jogo na frente. Uma equipe que já joga junta há algum tempo, mas temos que pensar na nossa equipe. O Mister vai preparar bem para esse jogo. E, claro, eles têm grandes jogadores, nós também temos, será um grande espetáculo”, disse.

Questionado sobre qual foi o jogador mais difícil que já marcou, Rafinha citou os embates com Robben e o Ribéry, no Bayern de Munique.

“Joguei na Alemanha 15 anos, eu marquei oito anos todo dia o Robben e o Ribéry. Acho que prova melhor que essa não tem como (risos). Era todo dia treino contra os dois, então estou vacinado, não tem escolha para ninguém. Do meu lado só caem os mais rápidos, mas estou preparado”, finalizou o jogador de 34 anos.

Retirado de: Fox Sports