Santos abre cobrança na FIFA contra o Flamengo

Diretoria do Peixe cobra valores referentes ao mecanismo de solidariedade na compra do atacante pelo Rubro-Negro no início deste ano

Atacante Gabigol em ação pelo Flamengo no estádio do Maracanã (Foto: Marcelo Cortes/Flamengo)

Em busca de ajustar a sua realidade financeira, então delicada, o Santos entrou com um processo de instrução junto a Fifa a fim de receber 500 mil euros (R$ 3,3 mi na cotação atual) referentes do mecanismo de solidariedade da compra do Flamengo por Gabigol no início deste ano.

O Rubro-Negro adquiriu de forma definitiva o atacante que, até o então, pertencia à Inter de Milão e estava emprestado ao clube, por 16,5 milhões de euros. Como Gabigol fez toda a sua base no Peixe, desde os 10 anos, quando chegou ao Alinegro Praiano, profissionalizando-se aos 17, e deixando aos 20 anos, o Santos teria direito a quantia por ser o clube formador – a Fifa prevê formação até os 23 anos.

— Santos cobra o Flamengo, que não pagou o mecanismo de solidariedade do Gabigol. Eles não pagaram, já venceu a segunda prestação. Entramos primeiro com um processo de instrução na Fifa, para receber o contrato e entender quanto de fato é devido – disse o integrante do Comitê de Gestão do Santos, Pedro Dória, em entrevista ao jornalista Jorge Nicola, no YouTube.

A diretoria santista fez uma reclamação junto a Fifa, que a partir daí instruirá o clube a agir mediante a situação. Ainda não há uma ação direta entre as partes, que podem resolver-se entre si.

Retirado de: Lance

21 COMENTÁRIOS

  1. Isso é só um tentativa de denegrir a imagem do Mengão. Para dizer, para os desinformados, que o Fla está devendo. Timinho ridículo essa sardinha.

  2. Então vejamos, o cara de pau do timinho quebrado é o mesmo do bosta do desgovernador de SP, é um animal e não sabe que quem vende é que é responsável pelo pagamento do percentual da venda devido ao clube que efetuou a formação do jogador!

  3. Exatanente quem negocia é quem deve ter a responsabilidade de Pagar esse ônus e não quem compra,assim como tambem o direito dos 15% do jogador,quem paga é quem vende.

  4. Exatanente quem vende é quem deve ter a responsabilidade de Pagar esse ônus e não quem compra,assim como tambem o direito dos 15% do jogador

  5. Exatanente quem vende é que deve ter a responsabilidade de Pagar esse ônus e não quem compra,assim como tambem o direito dos 15% do jogador,quem paga é quem vende.

  6. Eu também acho que o clube que vende o jogador é quem tem que pagar pra o clube formador, porque se quem compra o jogador tiver que pagar pra o clube formador, ele estará pagando pagando dois valores.

  7. Também acho, que quem recebe é que deve repassar o valor, mas deve ser mais difícil cobrar da Inter de Milão do que do Flamengo!

    • Cada vez que ocorrer uma transferência de um jogador que se encontre ainda em contrato com o atual clube, cabe a negociação de valores onde o clube contratante paga ao clube de origem.
      Retirado do Google.

  8. Nem le a repirtagem mais acho que já estão querendo roubar o meu Flamengo vão tomar no cu bando de ladrão querendo se aproveitar pirque o Flamengo é o rei da lá plata no Brasil

  9. Time podre falido, eles deveriam se mancar e ir pagar o SOTELDO que eles tão devendo e o pagamento tá atrasado, agora virou moda todo mundo querer dinheiro do flamengo, bando de abutres

  10. Isso não tem que ser repassado pela Inter de Milão?
    Outra coisa, não basta formar o jogador, é preciso ter a certificação de clube formador. O Santos tem isso?

    • Chamada da matéria diz que Santos abriu processo contra o Mengão e no texto diz apenas uma consulta para acesso ao contrato e valores da transação. Gávea News está ficando igual globolixo. E a responsabilidade de pagar o mecanismo de solidariedade é quem vende e não quem compra.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here