Mauro Cezar Pereira elogia Domènec: ‘Entendeu a solicitação dos atletas’

Mauro Cezar durante programa da ESPN (Foto: Reprodução/ESPN)
Banner Stake

Com duas derrotas nos dois primeiros jogos, o trabalho de Domènec Torrent no Flamengo começou a ser questionado por torcedores e comentaristas esportivos. No entanto, após a vitória diante do Coritiba, na última rodada, o treinador pôde respirar aliviado. E durante o podcast “Posse de Bola”, o jornalista Mauro Cezar disse que foi satisfatória a atuação do Rubro-Negro, ainda que haja alguns problemas:

— Acho que pelo menos o técnico entendeu que a solicitação dos atletas fazia sentido, óbvio que fazia sentido, que é montar o time com a estrutura antiga do Jesus, ele vai fazendo adaptações aos poucos. De interessante que eu achei, o João Lucas jogou bem, não comprometeu. Achei que foi satisfatório para esse cenário, mas perdendo muito gol, claro que tem problema, mas nesse momento tinha que ganhar e jogar uma partida aceitável, sem correr grandes riscos para mostrar uma reação. Agora vai jogar contra o Grêmio na quarta-feira, já é um teste mais difícil embora em casa, no Rio.

Mauro também relembrou do lance em que Bruno Henrique poderia ter tocado para Gabigol, na partida contra o Atlético-MG. O camisa 27 do Flamengo acabou sendo bastante criticado pelo lance. O jornalista afirmou que o atacante não deveria se importar com os comentários feitos nas redes sociais.

— O Bruno Henrique perdeu gol, deixou de finalizar agora e tentou passar, ao contrário do que aconteceu no Maracanã. Aliás, isso é bizarro, nitidamente o jogador afetado na sua decisão na hora de fazer ou não o gol pelas queixas de torcedores em rede social. Isso não pode acontecer, o jogador também tem que ter personalidade, ele já foi pedir desculpas porque não passou a bola para o Gabigol no jogo do Atlético-MG, pelo amor de Deus, não tem que pedir desculpas de nada, vai lá e faz seu jogo, desculpa por que? Porque errou uma jogada? Você pede desculpas se você faz uma grande besteira, se é expulso numa final e seu time perde, se você perde um gol que nem o que o Sterling perdeu, aí você pede desculpas de joelho no milho a vida inteira.

Retirado de: O Dia