Política e questões ambientais impedem construção da Arena McFla

12
Vista aérea da Gávea (Foto: Reprodução/Flamengo.com.br)

O projeto do clube, nomeado de “Arena McFla”, teria capacidade para 3.500 pessoas e atenderia diversas modalidades na Gávea.

Na gestão de Patrícia Amorim, de 2010 a 2012, foi criado um plano ambicioso de reforma patrimonial do Flamengo. Um dos projetos da então presidente era a “Arena McFla”, onde caberiam 3.500 pessoas com o objetivo de atender a diversas modalidades esportivas. O espaço contaria com uma loja do McDonald’s, empresa parceira e investidora do projeto.

A ideia só ganhou forma em 2015, no fim da gestão de Eduardo Bandeira de Melo. Os negócios com a empresa caminharam e o clube foi conseguindo as licenças dos órgão públicos do Rio de Janeiro. O projeto, no entanto, começou a encontrar empecilhos.

O problema inicialmente era interno. Durante a eleição de 2015, a chapa opositora era contra a construção do espaço, pois além de prejudicar o lazer dos sócios, envolvia a transferência de algumas quadras de tênis para outro espaço na sede, sem contar as questões ambientais.

Em 2018 o sonho da Arena foi ao chão com a vitória da oposição no pleito eleitoral, com Rodolfo Landim à frente. O atual presidente nunca mais mencionou o projeto e hoje em dia o assunto não é nem debatido no Flamengo.

12 COMENTÁRIOS

  1. Arena nada do quem vai. Frequenta e quem tem dinheiro
    Torcedores Inocentes

    Deveria era separar. Club do futebol aquela sede não duraria 3 anos

    Frequenta vascaíno.
    TRICOLORES

    Etc..etc….

    O que vale é o time de futebol
    Faz uma enquete e veja quantos torcedores dos 42 passaram ao menos em frente à 7 Flamengo

    Percentual de 0,000001%. Balela

    • ALGUNS ESTÃO ESQUECENDO QUE O CLUBE NÃO É SÓ FUTEBOL, MAIS ESPORTES EM GERAL,EM SÍNTESE O FLA TEM MUITA TRADIÇÃO NOS ESPORTES OLÍMPICOS,NO PAÍS VC É O CLUBE COM MAIS TRADIÇÃO E CAMPEONISSIMO

  2. K. K. K.
    Tá igual. ESPN. FOX. SPORTV
    Esse na monte de YouTube. Com notícias que nunca concretizam ou notícias velhas
    Tá difícil de aturar.

  3. Landim e corja incompetente. Diretoria anterior lutou anos pelas certidões e licenças, conversando com a prefeitura e estado. Conseguiu a muuto custo. Com a demora a empresa desistiu até por causa da crise do fast food no mundo. Mas se esforço tivesse haveria empresas q pegariam o projeto. E até o clube pode bancar com o dinheiro dos apartamentos q lhe pertencem e ainda não foram colocadas a venda (34 unidades a mais de 2 milhões de reais, cada) do prédio do Morro da Viúva q está ficando lindo. Os apartamentos da RJZ Cyrwlla já foram todos vendidos (2/3 do total). Teríamos uma arena moderna e a maior particular do Rio. 85% das partidas poderiam ser lá, ao invés de gastar dinheiro de aluguel no Tijuca. E só sairia nas principais partidas, as poucas q lotam mesmo, indo pra um Maracanazinho da vida. Como essa diretoria é BURRA, meu Deus.

  4. É uma vergonha o clube da grandeza do Flamengo até hoje não tem um estádio próprio em razão tão pequena como essas questões políticas internas. Francamente!!!

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here