Marcos Braz explica sobre rumores da demissão de Renato Gaúcho

Renato Gaúcho em partida do Flamengo contra a Chapecoense no Campeonato Brasileiro 2021 (Foto: Alexandre Vidal/Flamengo)
Banner Stake

O empate com a Chapecoense da última segunda-feira (08) custou caro ao Flamengo, que viu suas esperanças de conquistar o tricampeonato brasileiro desaparecerem. Após outra atuação bem abaixo do time da Gávea, a possibilidade da demissão de Renato Gaúcho voltou a ser comentada pela mídia e pelos torcedores.

Nas horas que se seguiram ao fim da partida, cresceu o rumor de que o técnico do Fla poderia ter entregado seu cargo novamente. A possibilidade foi cogitada por conta do atraso no voo da delegação rubro-negra de volta para o Rio de Janeiro.

No entanto, um dos dirigentes do clube esclareceu sobre o assunto. Em entrevista dada na saída do Galeão, aeroporto do Rio, Marcos Braz rechaçou a possibilidade de o comandante ter entregue seu cargo novamente. Segundo ele, o atraso aconteceu por conta de tecnicalidades da companhia aérea.

— É mentira. Não teve nem próximo disso. A gente demorou bastante lá, porque tem um protocolo de voo. Você não pode marcar um voo de retorno logo após a partida, porque pode acontecer problema de falta de energia, pode acontecer algumas situações que a gente, por questões de segurança, estende quase duas horas a marcação de qualquer protocolo. É mentira isso.

Com clima pesado e precisando de recuperar a confiança antes da final da Libertadores, marcada para daqui a três semanas, o Flamengo busca dias melhores para seu elenco. A equipe não terá tempo para lamentar o último tropeço e precisará focar em seu próximo confronto, marcado para esta quinta-feira (11).

Na partida em questão, o Mais Querido receberá o Bahia pela 31ª rodada do Campeonato Brasileiro. O duelo ocorrerá às 19h (horário de Brasília), no Maracanã.