Ex-Flamengo revela bastidores e detona treinador

21
Joel Santana, Ronaldinho Gaúcho e Deivid durante treinamento do Flamengo (Foto: Reprodução)

A derrota do Flamengo para o América-MEX por 3 a 0 na Copa Libertadores da América de 2008 é sempre lembrada por ser um dos maiores vexames da história de um clube brasileiro na competição.

Um dos jogadores daquela equipe e poupado na partida, o volante Cristian revelou em entrevista ao Flow Sport Clube que havia um clima de ‘oba-oba’ para o confronto.

— Foi um jogo muito diferente de tudo o que eu já participei. A gente tinha jogada lá, ganhado de 4, América do México com Cabañas… Jogamos super bem aquele jogo. Quando voltamos para o Maracanã, a semana foi muito mal preparada, admitiu o ex-jogador de Flamengo e Corinthians.

— Começou o boato de que o Joel ia embora para a Copa do Mundo. O Flamengo é muito diferente, começou aquele oba-oba, Maracanã… Tudo deu errado. Na semana tudo deu errado. O caminho que a gente fazia para ir para o Maracanã, erraram o caminho. Tinha festa na rua, dentro do ônibus todo mundo achando que ia ganhar. No jogo ele poupou eu, Fábio Luciano e mais alguns. Todo mundo achava que acabou. Vou falar para você… Era muito gol que a gente tinha que tomar. Foi sacanagem.

Cristian ainda criticou alterações feitas por Joel Santana na partida, mesmo com a equipe ainda tendo um gol por tomar, ele colocou atacantes em campo. Tirou Kleberson e Jailton, que eram volantes, e colocou Obina e Diego Tardelli.

— Para você ver que não aconteceu como a gente queria, quando tomamos o primeiro, o segundo, a gente podia tomar mais um, ai o Joel, perdidinho… Na semana anterior ele me tirou e o Ibson e colocou Obina e Tardelli. Ele fez quase a mesma substituição. Ele estava meio que… Estava todo mundo meio perdido.

(Foto: Reprodução/Flow Sport Club)

Retirado de: Torcedores