Diego Alves, do Flamengo, dá sua opinião sobre o goleiro Santos e abre o jogo sobre aposentadoria

Santos, Hugo Souza, Matheus Cunha e Diego Alves no CT do Flamengo (Foto: Gilvan de Souza/Flamengo)
Banner Stake

Ao longo de cinco temporadas com a camisa do Flamengo, Diego Alves adquiriu status de ídolo e é respeitado por grande parte da torcida. No entanto, ele já não consegue ter sequência e não entra em campo há quatro meses. Agora, o goleiro fala sobre o futuro da posição e elogia o companheiro Santos.

Em entrevista ao podcast da Conmebol Libertadores, Diego falou sobre a despedida do clube ao fim de seu contrato, que termina em dezembro. Para o camisa 1, o clube está bem servido na posição.

— Chega o momento. Não somos eternos e temos o nosso prazo de validade no clube. Até mesmo o contrato chega, a idade chega. Eu fico muito feliz do Santos estar vivendo esse momento. Eu vivi esse momento jogando dentro do campo. E hoje ajudo da maneira que posso. Estamos aqui para ajudar o clube, o Flamengo, esse é o propósito nosso – disse, antes de completar:

— Ninguém nunca atrapalhou, nunca fez nada para que o clube desse passo para trás e sempre passo na frente. Acho que foi um acerto muito grande o Santos poder fazer parte hoje do grupo. Fico feliz de verdade. É o presente e o futuro. Hugo, Matheus… estamos aqui para ajudar e fazer com que eles olhem pra gente e falam que podemos ser referência – finalizou.

Diego Alves disputou 214 jogos pelo Flamengo e conquistou nove títulos. No clube desde 2017, o goleiro marcou época e é considerado um dos maiores da posição no clube. Ele ainda não definiu se vai pendurar as chuteiras ou se vai buscar outro clube.

Retirado de: Lance