David Luiz, do Flamengo, projeta 2023 “mais difícil” que 2022; entenda

David Luiz em Vélez x Flamengo pela Libertadores (Foto: Marcelo Cortes/Flamengo)

A temporada 2022 do Flamengo terminou da melhor maneira possível, com a recuperação do ambiente interno através da chegada de Dorival Júnior e as conquistas da Copa do Brasil e da Copa Libertadores.

No entanto, o elenco rubro-negro está ciente das maiores dificuldades que surgirão para a próxima temporada. David Luiz, um dos nomes mais experientes do elenco, emitiu o alerta.

Leia também:

Durante a gravação do programa “Prêmio Mesa Redonda” na TV Gazeta, o zagueiro do Flamengo acredita que a próxima temporada terá um nível técnico superior no futebol brasileiro, principalmente no Brasileirão Série A.

Flamengo: David Luiz projeta 2023 “mais difícil” que 2022; entenda
Flamengo fechou o ano de 2022 com dois títulos importantes, mas elenco já pensa nos desafios da temporada 2023

Por Fabrício CarvalhoFabrício Carvalho
em 07:45 de 16/11/22

Jornalista formado / Rio de Janeiro. Redator de notícias, artigos e relatos sobre futebol nacional e internacional
FUTEBOL

Compartilhe

David luiz flamengo
Crédito: Marcelo Cortes / Flamengo

A temporada 2022 do Flamengo terminou da melhor maneira possível, com a recuperação do ambiente interno através da chegada de Dorival Júnior e as conquistas da Copa do Brasil e da Copa Libertadores.

No entanto, o elenco rubro-negro está ciente das maiores dificuldades que surgirão para a próxima temporada. David Luiz, um dos nomes mais experientes do elenco, emitiu o alerta.

Durante a gravação do programa “Prêmio Mesa Redonda” na TV Gazeta, o zagueiro do Flamengo acredita que a próxima temporada terá um nível técnico superior no futebol brasileiro, principalmente no Brasileirão Série A.

Além disso, David Luiz elogiou a qualidade do Brasileirão e ressaltou que as condições técnicas do campeonato melhoraram nos últimos anos, diminuindo a distância em relação às grandes ligas do futebol europeu.

Veja o que disse David Luiz, zagueiro do Flamengo

“Acho que a gente tem matéria-prima incrível no nosso país, tem todas as condições do mundo de ter um campeonato superdisputado, talvez um dos mais difíceis do mundo, porque as condições mudam muito.”

“Você joga no frio, no calor, num campo que a grama está alta, depois em um campo duro, pega um voo de cinco horas para um lado, quatro horas para outro… Isso também dificulta bastante. Mas eu acho que hoje, com a consciência dos clubes, principalmente aqueles que têm a oportunidade de ter mais estrutura.

“Não tem 11 jogadores, tem 20, até 30, juntando com os meninos de 17 anos, que estão cada vez mais maduros, e aí tem condições de se adaptar. Dá descanso a quem precisa, continuidade a quem precisa, acho que, com toda essa estrutura, é muito mais fácil essa adaptação, ou readaptação, ao futebol brasileiro.”

Retirado de: Torcedores