Joia da base se destaca e deve receber mais oportunidades no Flamengo em 2023

David Luiz e Victor Hugo em treino do Flamengo no Ninho do Urubu (Foto: Marcelo Cortes/Flamengo)

O ano de 2022 foi marcado como um período de crescimento do Flamengo. O elenco iniciou a temporada em baixa e não conseguia deslanchar, mas após a mudança no comando do grupo, a equipe conseguiu se recuperar e conquistar dois títulos de grande expressão.

A recuperação em todas as competições foi possível graças ao esforço coletivo e ao encaixe de dois times, um para as copas e outro para o Brasileirão. As oportunidades criadas trouxeram algumas boas surpresas para a torcida.

Leia também:

Um dos destaques inesperados foi Victor Hugo. Ainda bastante novo, com apenas 18 anos, o meia assumiu a responsabilidade e teve boas atuações.

Ao todo, o jovem foi acionado em 37 partidas neste ano pelo profissional. Seu primeiro gol no time principal aconteceu justamente no dia em que completou 18 anos de vida, quando o Fla enfrentou o Altos-PI pela terceira fase da Copa do Brasil. O jogador ainda marcou outros dois gols e deu quatro assistências.

O desempenho do garoto, inclusive, chamou atenção do técnico da Seleção Brasileira Sub-20, que o convocou para os jogos deste mês. Além de Victor Hugo, Matheus França também foi selecionado.

Neste contexto, a ideia do Flamengo é de dar mais oportunidades para o jovem continuar se desenvolvendo dentro das quatro linhas em 2023. O atual contrato do jogador com o clube vai até 2027.