Chororô: Palmeiras diz que a CBF está tentando ajudar o Flamengo e não aceita sugestão da federação

Sede da CBF no Rio de Janeiro (Foto: Cahê Mota/Globo Esporte)

O Palmeiras não aceitou a decisão da CBF, que decidiu levar a Supercopa do Brasil, contra o Flamengo, para o mesmo país em que o Mundial de Clubes será disputado. Como campeão da Libertadores, o Rubro-Negro vai disputar as duas competições.

O clube alviverde enviou um ofício à entidade dizendo não abrir mão de participar ativamente do processo de escolha. E que considera inaceitável que a Supercopa seja tratada como parte da preparação do Flamengo para o Mundial.

Leia também:

A informação quanto ao envio do ofício de contestação foi inicialmente divulgada pelo Nosso Palestra e confirmada pelo UOL Esporte.

A Fifa ainda não decidiu onde e quando o Mundial será disputado. Mas pretende que o torneio aconteça entre 1 e 11 de fevereiro. E a Supercopa aconteceria uma semana antes.

Abu Dhabi, nos Emirados Árabes, e Doha, no Qatar, aparecem como candidatas. Mas há a hipótese de que o Mundial aconteça nos Estados Unidos.

A edição 2023 da Supercopa do Brasil será a quarta desde a retomada da disputa, em 2020, vencida pelo Fla, sobre o Athletico-PR. Em 2021, o clube carioca conquistou o bi, batendo o Palmeiras. No ano passado, o Rubro-Negro esteve novamente presente, mas acabou derrotado pelo Atlético-MG.

Retirado de: UOL