Argentina x França: quatro finalistas da Copa do Mundo estavam presentes no título do Flamengo na Libertadores de 2019

Taça da Copa Libertadores da América (Foto: Gilvan de Souza/Flamengo)

Quando o assunto é Copa Libertadores da América, o torcedor do Flamengo puxa pela memória a conquista do bicampeonato continental em 2019. Aquela conquista teve um sabor especial, pois havia quase 40 anos entre o primeiro e o segundo título de Libertadores. E a final da Copa terá quatro jogadores que atuaram contra o Mengão naquele jogo.

Na final da Libertadores de 2019, o Flamengo bateu o River Plate, da Argentina, por 2 a 1, com os gols sendo marcados nos minutos finais da partida. Segundo o site Mundo Rubro-Negro, um dos jogadores do River é o hoje destaque argentino Álvarez. Na ocasião, ele estava relacionado no banco do clube portenho. Atualmente, o craque da Albiceleste defende o poderoso Manchester City, sendo um dos destaques do clube inglês.

Leia também:

O outro nome que vai disputar a final da copa e que esteve na disputa em Lima há três anos, é o lateral Montiel. Ele, inclusive, foi até sondado para reforçar o Mengão em uma oportunidade anterior. Mas acabou deixando o vice da Libertadores de 19, no ano passado. Hoje ele atua o Sevilla.

O terceiro atleta é o meio Palacios. Ele deixou o River Plate pouco após a derrota, em janeiro de 2020, rumo ao Bayern Leverkusen, da Alemanha. O outro jogador que estava naquela final, é o goleiro Armani – um dos últimos remanescentes do River que ainda permanecem no clube. O arqueiro é hoje o reserva da seleção argentina.

Final de 2019 foi marcada por “milagre” de Gabigol

O jogo final da Libertadores de 2019 teve um gosto especial para a torcida do Mengão. Isso porque era a primeira vez, desde 1981, que o clube carioca chegava a uma final de Libertadores. E isso depois de diversas eliminações precoces em anos anteriores, quase sempre na primeira fase da competição. Os gols do título saíram nos minutos finais da partida.

A equipe então dirigida pelo técnico Jorge Jesus amassou o Grêmio na semifinal da competição, goleando o time gaúcho em um dos jogos da semifinal por 5 a 0. Além da Libertadores, o Fla conquistou ainda o Campeonato Brasileiro daquele ano, depois de uma década de jejum do título nacional – a última conquista então havia sido o Brasileirão de 2009.

Retirado de: Torcedores