Vídeo: Após perder gol cara a cara, Gabigol se manifesta

Gabigol marca gol pelo Flamengo contra o Volta Redonda (Foto: André Durão)
Banner Stake

Uma vitória que escapou no Equador e precisa acontecer no Maracanã. Essa foi a leitura de Gabigol após a derrota por 1 a 0 do Flamengo para o Independiente del Valle, no Equador, na última terça-feira. O camisa 10 lamentou as chances perdidas.

— Creio eu que fizemos um bom jogo dentro daquilo que podíamos fazer. Tem a questão da altitude. Tivemos mais chances do que eles, é a minha opinião. Eles tiveram uma bola. Acho que tivemos as chances mais claras pra fazer o gol – afirmou.

— Claro que queríamos a vitória. Nós tivemos chances para isso. Eu tive chance para fazer os gols. O outro time se comportou muito bem. É difícil jogar aqui, ainda mais contra uma grande equipe – continuou.

Duas dessas chances foram do próprio atacante, que saiu cara a cara com o goleiro Moisés Ramírez e desperdiçou. O duelo foi quente também nas provocações, e ambos saíram de campo punidos com cartões amarelos. Gabi minimizou:

— No lance que ele tomou cartão, ele foi falar com o juiz. Saiu do gol e foi falar com o juiz. No final do jogo ele falou comigo, eu falei com ele e o juiz me deu cartão. Mas não foi nada de especial.

Convocação para o Maracanã

Em desvantagem, o Fla joga a volta da Recopa na próxima terça-feira, às 21h30 (de Brasília), no Maracanã. Jogo em que Gabigol espera ver arquibancada cheia para tentar o primeiro título de 2023.

— Agora é esperar o apoio da torcida. A gente sabe que eles vão comparecer para apoiar a gente e que essa energia positiva já comece de hoje. Que a gente possa, em casa, no Ninho, trabalhar para melhorar algumas coisas e eles nos mandem energias positivas para sermos campeões.

Retirado de: Globo Esporte