Everton Ribeiro surge como trunfo para melhorar criação do Flamengo

Everton Ribeiro pelo Flamengo contra o Al Hilal no Mundial de Clubes (Foto: Alex Grimm - FIFA/FIFA via Getty Images)

O Flamengo volta a campo, nesta quinta-feira, para medir forças com o Racing pelo Grupo A da Copa Libertadores, às 19h (de Brasília), no Estádio Presidente Perón, na Argentina . Com a ausência de Gerson, que sofreu uma lesão no adutor da coxa esquerda, a tendência é que Jorge Sampaoli coloque em campo Everton Ribeiro para auxiliar na construção da equipe.

O meia está recuperado de um inchaço no joelho e surge como trunfo rubro-negro para a partida. No último domingo, contra o Botafogo, o capitão saiu do banco de reservas e deu mais qualidade ao setor com bons passes.

Leia também:

No primeiro tempo, o comandante optou por improvisar o lateral Ayrton Lucas no meio, mas a mudança não surtiu efeito. Na volta do intervalo, já em desvantagem no placar, coube a Sampaoli apostar em Everton Ribeiro, que deixou Gabigol em condições de marcar em pelo menos três lances, mas faltou eficiência ao atacante.

— Eu terminei bem (o jogo de domingo). Foi até acima da expectativa. No último jogo eu sofri uma pancada no joelho, e a gente trabalhou esses três dias para desinchar o máximo possível para ter condição de ajudar no jogo de hoje. Por isso o professor (Sampaoli) optou por começar com aquele time e eu poder entrar durante o jogo. Eu me senti bem, terminei bem – disse Everton Ribeiro.

De acordo com o portal “Sofascore”, o camisa 7 foi um dos destaques do time contra o Alvinegro. Foram seis passes decisivos, uma assistência e a criação de cinco chances claras na etapa final. O meia é o jogador com mais passes certos nas três primeiras rodadas do Brasileirão (110, no total – com 83% de aproveitamento) e o que mais criou chances de gol – 12. A atuação agradou o treinador, que ganhou elogios do camisa 7 depois do revés no clássico de domingo.

— O professor (Sampaoli) é um cara muito detalhista. Ele cobra muito da gente, de ficar com a bola. A gente acha que está bem, mas ele vem e fala que estamos perdendo muito a bola. É assim que a gente vai crescer. É nos detalhes que a gente vai melhorando. É uma nova maneira de jogar – salientou.

Além de Everton, Arrascaeta também está 100% recuperado, mas de uma lesão no músculo adutor da coxa esquerda. Como o uruguaio não atua desde 19 de março, na semifinal do Carioca, diante do Vasco, deve ficar como opção no banco de reservas. Por outro lado, David Luiz e Rodrigo Caio não viajaram com o grupo. O primeiro ficou de fora por causa do controle de carga, enquanto o segundo sofreu uma pancada na perna esquerda no último treinamento.

O volante Thiago Maia também foi relacionado. O jogador era dúvida por causa de uma pancada sofrida no clássico com o Botafogo, no último domingo, ao sentir após forte dividida com Di Placido, mas treinou sem restrições mostrando que está recuperado. A delegação rubro-negra já chegou em Buenos Aires, e o presidente Rodolfo Landim acompanhou o elenco.

Com 3 pontos em duas partidas, o Flamengo é o segundo colocado no Grupo A, que é liderado pelo Racing, que tem 6. Aucas e Ñublense possuem a mesma pontuação do Rubro-Negro e estão em terceiro e quarto respectivamente, em um grupo que está embolado neste início de competição.

Retirado de: Lance