Abel Ferreira, do Palmeiras, cutuca Jorge Sampaoli, do Flamengo

Abel Ferreira em Jogo pelo Palmeiras - Foto reprodução
Banner Stake

Abel Ferreira movimentou a torcida do Palmeiras após revelar que seis jogadores receberam propostas para deixar o clube logo após a vitória por 3 a 1 diante do Fortaleza, em casa, pela 16ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Citando uma oferta que ele mesmo recusou para permanecer no Verdão, o português afirmou que os valores oferecidos mexem com os profissionais, mas garantiu que suas decisões sobre a carreira não são tomadas apenas por questões financeiras.

— São muitos zeros. Ganhei alguns quando era jogador, ganho um bocadinho agora como treinador, mas não é isso que me move. Me movo por convicção, por aquilo que acredito. Sei o projeto que tinham quando me contrataram. Acredito que se o Palmeiras estivesse nadando em dinheiro naquela altura, se calhar não era eu quem viria, disse o técnico, que aproveitou para ‘cutucar’ o argentino Jorge Sampaoli sem citar o treinador do Flamengo.

— Outros treinadores se recusaram vir. Um deles está em um grande clube brasileiro que disse que o Palmeiras não tinha capacidade para lutar. Outro disse que sim, e depois disse que não. E depois houve um que estava na Grécia, uma ilha absurda, com uma água espetacular, uma piscina espetacular e veio correr riscos. Esse foi o maior risco que corri na minha vida, que foi ficar sem a minha mulher. Esse é um risco que não posso correr.

Explica-se: durante entrevista à emissora Sportv em agosto de 2022, Sampaoli confirmou a recusa em 2020 à proposta do Palmeiras assumir o clube.

— Sobre o Palmeiras, tive reunião com o presidente (Maurício Galiotte), mas naquele momento, se ficasse no Brasil era para ganhar do Flamengo e entendi que não estava nas condições que necessitava. Acabou não tendo acordo, disse Sampaoli.

O argentino acabou indo em março de 2020 para o Atlético-MG, que havia acabado de demitir Rafael Dudamel como técnico. O Palmeiras contratou Vanderlei Luxemburgo para 2020, que acabou sendo sucedido por Abel Ferreira.

Retirado de: ESPN