Veja o que o Flamengo pretende fazer após a confusão envolvendo Marcos Braz

Marcos Braz e Fabinho em jogo do Flamengo no Maracanã (Foto: Alexandre Vidal/Flamengo)
Banner Stake

O Flamengo vive uma crise às vésperas da final e que se agravou após a briga do vice-presidente de futebol Marcos Braz com um torcedor em shopping no Rio de Janeiro. E a diretoria ligou o sinal de alerta com a situação em relação à segurança.

A ESPN apurou que o clube considera o clima pesado e preocupante para os próximos dias e repensa reforçar a segurança de jogadores e diretoria para a semana da final da Copa do Brasil, marcada para domingo (24). O clube também vê uma parte específica da torcida querendo tumultuar e pressionar o ambiente.

Os vídeos de ameaças que circulam nas redes sociais colaboraram para a diretoria se mover em busca de dar mais segurança aos membros do clube. Na última segunda-feira (18), um perfil de organizada criou um ‘disque denúncia’ para flagrar jogadores ou dirigentes bebendo ou na praia do Rio de Janeiro. O Flamengo entende que isso é uma esteira das ameaças da organizada de segunda-feira.

Nesta quarta-feira (20), o Flamengo encara o Goiás no Campeonato Brasileiro e tem volta marcada para o Rio de Janeiro na madrugada de quinta-feira (21).

Vale lembrar que os desembarques do Flamengo têm sido tensos em virtude dos fracassos da equipe na temporada de 2023. Torcedores foram protestar em diversas vezes e passaram do ponto em algumas ocasiões.

Retirado de: ESPN