Flamengo define prazo para a chegada de Tite

Tite, ex-técnico da Seleção Brasileira (Foto: Nelson Almeida/AFP)
Banner Stake

O Flamengo enfrenta uma semana crucial em sua busca por um novo técnico, pois o prazo tido como o ideal para definir o novo comandante da equipe se encerra no decorrer desta semana. Após a saída de Jorge Sampaoli, o clube carioca está em busca de um treinador que possa liderar a equipe e recuperar o desempenho desejado. O desafio é encontrar alguém que possa se encaixar no perfil e na visão da diretoria para a temporada de 2024.

A busca pelo um novo técnico é um processo delicado, envolvendo negociações, discussões sobre salários, composição da comissão técnica e outros detalhes importantes.

Enquanto o Flamengo se concentra em encontrar seu novo líder, é interessante observar como a história recente do clube tem sido marcada por uma série de mudanças de técnicos. Desde 2019, quando Rodolfo Landim assumiu a presidência do Flamengo, a equipe já teve nove treinadores diferentes, e a busca por um décimo está em andamento.

Entre esses treinadores, Jorge Sampaoli se destacou negativamente, sendo lembrado como um dos piores em termos de desempenho. Sua passagem de cinco meses pelo clube não alcançou os resultados desejados, com o vice-campeonato na Copa do Brasil e um desempenho abaixo do esperado no Campeonato Brasileiro. Seu aproveitamento de 60,7% coloca-o entre os técnicos com pior desempenho nos últimos anos. Veja o ranking completo abaixo:

  1. Jorge Jesus – 81,6%
  2. Renato Gaúcho – 72%
  3. Paulo Sousa – 66,7%
  4. Dorival Júnior – 66,7%
  5. Abel Braga – 62,4%
  6. Domènec Torrent – 62,3%
  7. Jorge Sampaoli – 60,7%
  8. Rogério Ceni – 59,3%
  9. Vítor Pereira – 57,4%