Meia do Flamengo é sincero ao fazer comparação entre Tite e Jorge Sampaoli

Ayrton Lucas comemora com Tite gol marcado pelo Flamengo (Foto: Marcelo Cortes/Flamengo)
Banner Stake

Desde a saída de Jorge Sampaoli, o Flamengo passa por uma alteração em sua rota muito importante, sob a liderança de Tite. A equipe conquistou duas vitórias consistentes, consolidando Tite como um recomeço. O último triunfo veio no clássico contra o Vasco, com o Flamengo vencendo por 1 a 0.

Com esse desempenho sob Tite, o Flamengo conseguiu se manter na terceira colocação do Campeonato Brasileiro, somando 50 pontos e reduzindo a diferença em relação ao líder, Botafogo, para nove pontos. Os jogadores têm notado uma diferença notável em relação ao ex-técnico Jorge Sampaoli, que deixou o clube em meio a controvérsias. Uma das críticas frequentes a Sampaoli era sua falta de habilidade no vestiário e problemas de relacionamento com os jogadores.

No entanto, com Tite no comando, o clima parece ter se tornado mais leve nos bastidores. Os jogadores elogiam a abertura ao diálogo do novo treinador, destacando que ele tem se envolvido mais no dia a dia da equipe e demonstrado ter um “coração mais aberto”.

— Ele é alguém que tem conversado mais conosco durante o dia a dia, tem um coração mais aberto. O Tite é um cara que conversa muito com a gente durante o dia. São pessoas diferentes, países diferentes, e ele (Tite) tem passado toda experiência que tem. Graças a Deus tem dado certo. Ele fala sempre “quando um vai, outro fica”. Seja no meio ou com Wesley e Ayrton nas laterais. Ele sempre pede para que um faça a cobertura do outro para a gente ficar mais leve dentro de campo, disse Thiago Maia.