Auxiliar do Flamengo e braço direito do técnico Tite, fala como o treinador quer ver o time jogando 

Tite comanda treino do Flamengo (Foto: Marcelo Cortes/Flamengo)
Banner Stake

Por: Kayo Silva 

O auxiliar técnico e filho do técnico Tite, Matheus Bachi deu uma entrevista exclusiva para a FlaTV, canal oficial do Flamengo, e comentou sobre a experiência de trabalhar no clube pela primeira vez. 

“Acredito que a gente não pode chegar em qualquer local que seja e não respeitar a cultura do lugar. Respeitar a cultura envolve respeitar a maneira que a torcida gosta de ver a equipe jogando, uma história que o clube tem, que o clube criou”, disse o auxiliar. 

Em outro momento da entrevista, Matheus revela que o objetivo é fazer a torcida do Flamengo se identificar e se orgulhar do time que ver em campo. O contrato com o Mengão vai até o fim da próxima temporada, tempo suficiente para pôr em prática o desejo. 

“A gente vai procurar sempre pelo nosso trabalho, pelo nosso dia a dia, as correções, ajustes, pegar essa característica do Flamengo para também com nossa característica, fazer com que se torne uma equipe que eles reconheçam”, finalizou. 

O filho do técnico acredita que casamento entre Flamengo e Tite, dará certo 

”A gente quer chegar em um momento em que eles olhem e pensem: ‘Esse é o Flamengo jogando’. Não o Flamengo do Tite, mas sim o Flamengo jogando. Acredito que esse é o nosso objetivo. Tenho certeza que aos poucos a gente vai conseguir trazer isso”, completou, Matheus. 

O Mengão volta a campo nessa quarta-feira (01), no Estádio Mané Garrincha, às 20h (horário de Brasília), jogo válido pela 31º do Campeonato Brasileiro, o mais querido ocupada a quinta posição na tabela, nove atrás do líder Botafogo, caso vença a partida, pode encurtar a diferença para apenas seis pontos. 

Corinthians x Santos: cria do Flamengo marca gol contra bizarro