Guardiola é sincero ao falar sobre a lesão de Haaland no Manchester City

Erling Haaland durante treino do Manchester City (Foto: Reprodução/Instagram)
Banner Stake

No recente confronto entre o Manchester City e o Bournemouth, a equipe de Pep Guardiola conquistou uma vitória expressiva de 6-1, aumentando a pressão sobre o Tottenham na corrida pela liderança da Premier League. No entanto, o resultado da partida foi ofuscado pela preocupação com a condição de Erling Haaland, que saiu do jogo no início da segunda etapa após um choque com a defesa adversária.

Guardiola explicou que a decisão de substituir Haaland não foi apenas devido ao placar elástico a favor do Manchester City, mas sim uma precaução devido a uma torção no tornozelo que o atacante sofreu durante o jogo. O técnico dos Citizens expressou otimismo em relação à lesão, sugerindo que Haaland poderia retornar à equipe em um futuro próximo.

— Não queríamos correr riscos com ele, ele não se sentia confortável. Ele estará de volta talvez na terça-feira, mas talvez no próximo domingo. Ainda não falei com os médicos, mas veremos nos próximos dias como isso evolui, disse Guardiola.

O retorno ideal para o atacante norueguês seria na próxima terça-feira, quando o Manchester City enfrenta o Young Boys em casa pela UEFA Champions League. Caso Haaland não tenha condições de entrar em campo nesse jogo, a expectativa é que ele esteja disponível no dia 12, quando o Manchester City enfrenta o Chelsea em um confronto decisivo.