Marcos Braz posta vídeo polêmico do último jogo do Flamengo

Marcos Braz em entrevista coletiva no Ninho do Urubu (Foto: Alexandre Vidal/Flamengo)
Banner Stake

Por: Kayo Silva

Vice-presidente do Flamengo, Marcos Braz, posta vídeo polêmico em suas redes sociais. O lance em questão, foi na finalização de Pedro em que a bola bate no braço do jogador do Fortaleza no último domingo (05). 

Além disso, outro dirigente do Fla, Bruno Spindel, fez um pronunciamento reclamando da arbitragem do futebol brasileiro. Os lances em questão sobre o questionamento do diretor do Flamengo, são contra Santos e Fortaleza. 

Spindel questionou a expulsão de Bruno Henrique na derrota para o Peixe e fez referência a uma cotovelada de Endrick em Esquivel aos 14 minutos do segundo tempo da vitória por 1 a 0 do Palmeiras sobre o Athletico-PR, na noite de sábado. Para o diretor, caso o VAR fosse chamado, o jovem poderia virar desfalque para o jogo entre Flamengo e Palmeiras, na quarta-feira, às 21h30, no Maracanã. 

— Vim aqui fazer um pronunciamento sobre arbitragem. Primeiramente deixar claro que a gente alinhou com o treinador que nesses temas sobre arbitragem a direção que vai sempre se colocar. O treinador cobra dos atletas que a gente sempre termine os jogos com 11 em campo, que se cumpra a regra e todas as questões disciplinares, mas o clube está estarrecido e muito assustado com o que vem acontecendo ao longo do campeonato na arbitragem. Mais especificamente em relação à falta de critério, aos sistemáticos erros e às escalas de arbitragem. 

— Na 16ª rodada, contra o América-MG, o Gerson, com a bola dominada entrando na grande área leva um chute na cara. Ele teve uma contusão no supercílio, quase abriu. Ficou com um galo e com o rosto inchado, mas a comissão de arbitragem disse que o contato foi leve e de raspão. O VAR sequer chamou e foi cartão amarelo. 

Spindel questionou o critério adotado no Campeonato Brasileiro, já que acredita que Endrick deveria ser expulso contra o Athletico-PR, na noite de sábado, no Allianz Parque. 

— Ontem à noite, você tem uma cotovelada com o braço acima do ombro. O VAR sequer chamou, podia decidir o jogo num campeonato que está sendo decidido nos mínimos detalhes por vagas de Libertadores. E poderia tirar o jogador da rodada da quarta-feira. 

Bruno Spindel voltou a questionar a expulsão de Bruno Henrique e também reclamou de pênalti não marcado a favor do Flamengo na vitória sobre o Fortaleza. 

— A gente ficou sem Gerson hoje, sem o Bruno por duas rodadas por erros de arbitragem. E hoje teve um pênalti em uma bola chutada pelo Pedro, mas parece que o VAR não estava funcionando na hora do chute do Pedro. 

Aos 11 min do 1º tempo – chute de dentro da área bloqueado de Pedro do Flamengo contra o Fortaleza. Por fim, Bruno Spindel se disse “assustado” com o fato de Rafael Rodrigo Klein ter sido escalado para apitar o jogo entre Coritiba e Goiás, realizado neste sábado, no Paraná. 

— A gente fica assustado de um árbitro cometer um erro desse como o que cometeu no lance do Bruno e ser escalado na rodada seguinte. Estamos muito assustados com os erros da arbitragem e esperamos que medidas sejam tomadas para que a qualidade da arbitragem melhore. Que esses erros não aconteçam mais e que o campeonato seja decidido dentro de campo e não fora. 

Flamengo x Palmeiras: por conta de cartões, Tite terá 3 desfalques