Vetou! Presidente Rodolfo Landim não quer renovar contrato de Gabigol em 2023; entenda

Rodolfo Landim durante entrevista coletiva na Gávea (Foto: Agência Foto BR)
Banner Stake

O Flamengo, recentemente enfrentou uma situação delicada com um dos seus maiores ídolos, Gabigol. As negociações para a renovação do contrato do atacante foram marcadas por uma série de reviravoltas e divergências internas.

Inicialmente, o clube demonstrou interesse em manter Gabigol, iniciando conversas para estender seu vínculo. Contudo, a performance do jogador não estava no seu ápice, levando a uma reação negativa dos torcedores rubro-negros. Esses fatores desencadearam uma decisão inesperada por parte de Rodolfo Landim, o presidente do Flamengo, que optou por não prosseguir com a renovação do contrato nesta temporada.

Internamente, essa decisão não foi unanimidade. Membros influentes do Departamento de Futebol do Flamengo discordaram, preocupados com a possibilidade de custos mais elevados para a renovação de Gabigol se deixassem para negociar apenas após a metade de 2024. Eles defendiam que o processo deveria ser acelerado para evitar situações semelhantes às vivenciadas com outros jogadores, como Bruno Henrique.

Em meio a esse impasse, Gabigol se encontrou fora do próximo jogo do clube contra o Bragantino, programado para o dia 23 de novembro no Maracanã. A ausência do camisa 10 foi resultado de uma suspensão automática, após receber um cartão vermelho em um jogo anterior contra o Fluminense.

A situação de Gabigol no Flamengo exemplifica as complexidades e desafios enfrentados pelos clubes de futebol na gestão de seus jogadores. Enquanto os fãs aguardam ansiosamente cada jogo e notícia, os bastidores do esporte continuam a ser um palco de decisões estratégicas e negociações intensas.