Mesmo caminho de Vidal? ‘Encostado’ no Flamengo pode parar no Athletico

Arturo Vidal em jogo do Flamengo contra o Internacional (Foto: Marcelo Cortes/Flamengo)

Santos, um nome que chegou como solução no time Flamengo, vive agora um momento de incerteza em sua carreira. O goleiro, que foi peça chave nas conquistas da Libertadores e da Copa do Brasil pelo Rubro-Negro, enfrenta uma fase de declínio no clube.

Em 2022, Santos brilhou sob as traves do Flamengo, contribuindo significativamente para os triunfos da equipe em competições importantes. Esse sucesso, no entanto, não se prolongou em 2023. Com a redução drástica no número de jogos disputados, Santos viu sua posição de titular ser abalada, perdendo espaço primeiramente para Matheus Cunha e, mais tarde, para Agustin Rossi após a chegada do técnico Tite.

Leia também:

Essa mudança de cenário no Flamengo levanta questões sobre o futuro de Santos no clube. Embora tenha um contrato até dezembro de 2025, com uma valorização salarial em relação ao que recebia no Athletico Paranaense, o goleiro anseia por mais tempo em campo. Essa busca por oportunidades pode desencadear uma mudança, com o Athletico-PR emergindo como um destino provável. O clube anterior de Santos, onde ele conquistou duas Sul-Americanas e uma Copa do Brasil, parece ser uma opção atraente, especialmente com a possível saída de Bento para a Europa.

A trajetória de Santos no Flamengo é marcada por altos e baixos. Em apenas um ano, ele participou de 37 jogos, mas em 2023, essa participação caiu para 26 partidas. Sua contribuição para os 2 títulos importantes é indiscutível, mas a falta de oportunidades recentes levanta dúvidas sobre sua permanência. Até o final de 2023, o clube deve avaliar a situação e tomar uma decisão sobre o futuro de Santos.

Com 63 jogos pelo Flamengo e uma média de 1,01 gol sofrido por partida, Santos ainda possui um legado impressionante no clube. No entanto, sua busca por mais minutos em campo e a possibilidade de retornar ao Athletico-PR sugerem um novo capítulo em sua carreira.