‘Deixou chegar …’: frase vinculada ao Flamengo nunca teve com tanta chance de se cumprir; veja chances de título

Taça do Campeonato Brasileiro (Foto: Lucas Figueiredo/CBF)

À medida que o Brasileirão 2023 se aproxima do seu clímax, uma reviravolta dramática na tabela de classificação tem capturado a atenção dos fãs de futebol. Após uma temporada inicialmente desafiadora, Flamengo e Palmeiras emergiram como os principais candidatos ao título, marcando uma recuperação notável.

O Renascimento do Palmeiras e do Flamengo

O Palmeiras, dependendo apenas de si mesmo para conquistar o título, solidificou sua posição de liderança após um empate crucial entre Fortaleza e Botafogo. Esse resultado foi um golpe de sorte para os palmeirenses, posicionando-os firmemente no topo da tabela. Enquanto isso, o Flamengo, com sua vitória decisiva sobre o Bragantino, colocou-se firmemente na disputa, aproveitando cada oportunidade para desafiar os líderes.

A Queda de Outros Contendores

Contrastando com o sucesso de Flamengo e Palmeiras, Grêmio e Bragantino enfrentam momentos anímicos desafiadores. O Grêmio, em particular, perdeu uma oportunidade chave ao ser derrotado pelo Corinthians, enquanto o Bragantino não conseguiu manter o ímpeto após um empate com o Botafogo.

A Situação Precária do Botafogo

O Botafogo, apesar de estar em uma posição promissora na tabela, vem sofrendo com uma série de resultados negativos. A pressão histórica e a ausência de vitórias nas últimas sete partidas têm minado a confiança da equipe, que outrora ostentava uma vantagem confortável de 12 pontos.

Análise Estatística da UFMG

A Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) apresentou uma análise estatística que coloca Palmeiras e Flamengo com mais de 61% de chances de conquistar o título. Esses números refletem a impressionante virada que ambos os times conseguiram realizar na segunda metade da competição.

Chances de título

Palmeiras: 53% (eram de 44,7%)
Botafogo: 23,8% (eram de 28,8%)
Flamengo8,4% (eram de 3,7%)
Grêmio: 7,3% (eram de 6,4%)
Bragantino: 6,4% (eram de 16,1%)
Atlético-MG: 1,1% (eram de 0,38%)

O Empate Beneficente de Cruzeiro e Vasco

Em outra parte da tabela, o empate entre Cruzeiro e Vasco no Mineirão acabou sendo benéfico para ambos os times. Esse resultado ajudou a afundar ainda mais Bahia e Goiás na zona de rebaixamento, evidenciando a intensa competição em todas as áreas da tabela.

Risco de rebaixamento

América-MG: 100% (era de 100%)
Coritiba: 99,99% (era de 99,97%)
Goiás: 94,8% (era de 80,9%)
Bahia: 66,1% (era de 46,4%)
Cruzeiro 15% (era de 35,6%)
Vasco: 13,7% (era de 30%)
Santos: 4,9% (era de 3,4%)
Inter: 3,2% (era de 2,4%)
Corinthians: 1,2% (era de 0,79%)

O Fim de Jogo Se Aproxima

Com o final do campeonato se aproximando, o Palmeiras precisa manter seu foco para assegurar o título, enquanto o Flamengo permanece à espreita, pronto para capitalizar qualquer tropeço de seus rivais. A disputa pelo Brasileirão nunca foi tão emocionante, com cada jogo sendo crucial na determinação do campeão.

Chance de Libertadores

Palmeiras: 99,99% (era de 99,99%)
Botafogo: 99,99% (era de 99,94%)
Flamengo: 99,8% (era de 97,2%)
Bragantino: 99,5% (era de 99,6%)
Grêmio: 99,5% (era de 99,2%)
Atlético-MG: 97,6% (era de 86,1%)
Athletico-PR: 3,4% (era de 15,5%)