134 milhões: Chelsea e Manchester United disputam atacante

André Onana vibra após defender um pênalti pelo Manchester United (Foto: Reprodução/Instagram)

Antoine Griezmann, do Atlético de Madrid, está no centro de uma disputa entre dois gigantes da Premier League: Chelsea e Manchester United. À medida que a janela de transferências de janeiro se aproxima, ambos os clubes demonstram um interesse fervoroso pelo jogador francês.

O principal ponto de atração para os clubes ingleses é a cláusula de rescisão de Griezmann, estabelecida em 25 milhões de euros (134 milhões de reais). Este valor é considerado acessível para clubes do calibre de Chelsea e Manchester United, que buscam fortalecer suas equipes com um atacante eficiente, após um início de temporada abaixo das expectativas.

Leia também:

Antoine Griezmann durante treino do Atlético de Madrid (Foto: Reprodução/Instagram)

Até o momento, não há informações concretas sobre negociações formais entre Chelsea e Griezmann. Por outro lado, o Manchester United já tomou medidas importantes, enviando representantes a Madrid para dialogar com o empresário do jogador. Um ponto chave na estratégia do United é a proposta de triplicar o salário atual de Griezmann, superando inclusive o que ele recebia em seu período no Barcelona.

A motivação do Manchester United para adquirir Griezmann é fortalecer seu ataque, especialmente diante do desempenho insatisfatório de jogadores como Antony, Rashford e Hojlund. A chegada de Sir Jim Ratcliffe, que adquiriu uma parte significativa das ações do clube, marca o início de uma era de mudanças estruturais, começando pela reformulação do elenco.