Flamengo e Atlético-MG: de ‘temporada perdida’ a ‘final’ pelo Brasileirão

Léo Pereira em Flamengo x Atlético-MG pela Copa do Brasil (Foto: Marcelo Cortes/Flamengo)

Por: Leonardo Antônio
No contexto competitivo do Campeonato Brasileiro, a 36ª rodada apresenta um confronto crucial entre Flamengo e Atlético-MG. Este embate, programado para ocorrer às 19h30 no Maracanã, é amplamente visto como uma final antecipada do torneio.

O Atlético-MG, posicionado na quarta colocação com 60 pontos, vem em uma crescente, mantendo-se invicto desde a 28ª rodada. A equipe alcançou cinco vitórias e dois empates nas últimas sete partidas. Por outro lado, o Flamengo, sob o comando de Tite, exibiu uma recuperação significativa, ascendendo à vice-liderança com 63 pontos, igualando-se em pontos ao líder Palmeiras, mas com menor saldo de gols.

Leia também:

No segundo turno o Flamengo acumulou 31 pontos em 16 jogos, marcando 23 gols e concedendo apenas 10. Em contrapartida, o Atlético-MG, com a melhor campanha no returno, obteve 33 pontos, resultantes de 10 vitórias, três empates e três derrotas, com um saldo de 24 gols marcados e 10 sofridos.

A partida também é marcada pela história entre os técnicos Tite e Luiz Felipe Scolari, conhecidos por um episódio anterior de desavença verbal. No Atlético-MG, o retorno do zagueiro Igor Rabello é uma mudança notável, enquanto o Flamengo enfrenta uma incerteza no meio-campo devido à suspensão de Erick Pulgar.

Este jogo desempenha um papel fundamental na determinação do campeonato. Uma vitória do Flamengo, combinada com um possível tropeço do Palmeiras, poderia colocá-lo na liderança, enquanto uma vitória do Atlético-MG solidificaria ainda mais suas aspirações ao título.

Portanto, este confronto entre Flamengo e Atlético-MG promete ser um marco significativo nesta fase do Campeonato Brasileiro, destacando-se não apenas pela rivalidade entre os times, mas também pela trajetória e estratégias dos respectivos técnicos.