Gabigol toma mesma atitude que Paolo Guerrero no Flamengo

Gabigol em jogo do Flamengo contra o Athletico-PR pelo Brasileirão (Foto: Gilvan de Souza/Flamengo)
Banner Stake

Gabigol, atacante do Flamengo, contratou recentemente Bichara Neto, um advogado notório por sua defesa bem-sucedida de Paolo Guerrero em um caso de doping na FIFA em 2017. Esta escolha estratégica pode indicar a seriedade com que Gabigol e sua equipe abordam as atuais acusações de tentativa de fraude em um exame de controle de doping.

Gabigol foi denunciado pela Procuradoria da Justiça Desportiva Antidopagem no dia 21 de dezembro por tentativa de fraude em exame de controle de doping. Este incidente ocorreu no dia 8 de abril no Ninho do Urubu, centro de treinamento do Flamengo. O Tribunal de Justiça Desportiva Antidopagem (TJD-AD) está em recesso até o dia 20 de janeiro, e os representantes de defesa de Gabigol terão cinco dias para recorrer a partir da citação de Gabriel Barbosa. Não existe risco de suspensão preventiva para o jogador.

Gabigol vai responder por infração ao artigo 122 do Código Brasileiro Antidopagem, que trata de “fraude ou tentativa de fraude de qualquer parte do processo de controle”. Em caso de condenação, a penalidade pode ser uma suspensão de até quatro anos.

Após a notícia, Gabigol manifestou-se nas redes sociais, declarando: “Obrigado pelo apoio, e principalmente por entenderem que há algum tempo tem acontecido notícias falsas sobre mim! Eu e minha família agradecemos o apoio.. E, sabendo que Deus está no controle e nos livrando de todo mal, amém.

Os empresários do jogador também se pronunciaram: “O atleta Gabriel Barbosa, sua família e staff tomaram conhecimento da matéria publicada nesta sexta-feira (22) pelo site Globo.com. O jogador do Flamengo vem a público confirmar que o exame foi realizado e o resultado apurado já deu negativo. Diante de tal informação, não há nada que possa ferir ou infringir as normas protocolares. Reiteramos que, em nenhum momento, o atleta tentou fraudar o exame. Seguimos à disposição para quaisquer esclarecimentos. Att, Staff Gabigol e família”.

No dia do exame, 8 de abril de 2023, Gabigol foi acusado de dificultar a realização do exame desde a chegada dos oficiais responsáveis pela coleta ao Ninho do Urubu, às 8h40. À exceção de Gabigol, os jogadores do Flamengo fizeram o exame antes do treino das 10h.