Ex-jogador é sincero ao falar de Jorge Jesus no Flamengo: “se voltar, vai fazer o time jogar da mesma forma “

Rodinei, Jorge Jesus e Gabigol na premiação do título do Brasileirão (Foto: Jorge R Jorge/BP Filmes)

A era de Jorge Jesus no Flamengo, iniciada em 2019, foi marcada por uma transformação radical no clube. O técnico português introduziu um estilo de jogo que levou o time a conquistas memoráveis, incluindo a Copa Libertadores e o Campeonato Brasileiro de 2019. A sua influência foi tão significativa que, mesmo após sua saída em 2020, muitos acreditam que o Flamengo nunca mais foi o mesmo. Mossoró, ex-meia do Internacional e que trabalhou com Jorge Jesus no Braga, expressa isso claramente: “Trabalhar com o Jesus me fez despertar o desejo que tenho, hoje, de ser treinador. É um cara muito inteligente, que realmente tira o melhor dos seus atletas, consegue identificar o potencial de cada um, os trabalhos… se eu fosse falar do trabalho dele, de ter trabalhado com ele, passaria o dia todinho falando, de uma forma bem especial.”

O impacto de Jesus no Flamengo foi tão profundo que, mesmo com a chegada de outros treinadores renomados e jogadores estrelados, o clube não conseguiu replicar o mesmo nível de desempenho. Mossoró reflete sobre isso, ressaltando: “o Flamengo continuou tendo time, melhor do que aquele de 2019, mas nunca mais jogou igual, e nem vai jogar. E se o Jesus voltar? Ele vai fazer o time jogar da mesma forma, na mesma intensidade. Com outros jogadores, mas com a mesma identidade que ele cria e que ele tem nos times que comanda.”

Leia também:

Além das conquistas e do impacto tático, Jorge Jesus também deixou uma marca indelével na carreira de Mossoró. O ex-meia relembra com gratidão a orientação que recebeu de Jesus, destacando sua capacidade de motivar e desenvolver atletas. Mossoró compartilha uma conversa reveladora com Jesus, que o aconselhou: “Você é um meio-campo, tem que ser um 10 diferente, além de jogar você tem que ajudar a marcar porque tem potencial para isso, você é rápido, inteligente, tem uma boa leitura.”

A passagem de Jorge Jesus pelo Flamengo não só trouxe títulos e sucesso, mas também transformou a cultura do clube e inspirou gerações de jogadores e técnicos. Seu legado é um testemunho do poder de um treinador visionário, capaz de mudar o destino de um clube e influenciar profundamente aqueles que trabalham com ele.