Ex-jogador aconselha Gabigol a sair do Flamengo

Gabigol em treino do Flamengo no Ninho do Urubu (Foto: Gilvan de Souza/Flamengo)

Gabigol, um dos maiores ídolos recentes do Flamengo, enfrenta um momento desafiador em sua carreira. Após ser herói dos títulos da CONMEBOL Libertadores em 2019 e 2022, o jogador teve uma temporada abaixo das expectativas, levando-o ao banco de reservas. Buscando retomar seu espaço no time Rubro-Negro, ele se encontra em uma encruzilhada profissional.

Cicinho, ex-lateral e atual comentarista, expressou sua opinião sobre a situação de Gabigol. Durante sua participação no programa “Domingol com Benja”, da CNN, ele afirmou: Gabigol precisa de novos ares. No Flamengo, ele não vai jogar. Com o Tite, não vai jogar”. Cicinho comparou a situação de Gabigol com uma experiência pessoal na Itália, dizendo que o técnico “tinha birra” dele, e ressaltou que “Ele não tem ambiente com o Tite, isso é fato. Ele tem que procurar novos ares. A diretoria já está demonstrando isso a partir do momento que se coloca não ‘está nem aí’ com Gabigol.

Gabigol não marcou gols oficiais desde agosto de 2023, aumentando as especulações sobre seu futuro. O Corinthians, por exemplo, manifestou interesse no atleta. O presidente Augusto Melo, que assumirá em 2024, elogiou Gabigol, mencionando que ele “precisa de novos ares” e que “tem a cara do Corinthians”. Contudo, não houve contato oficial entre os clubes ou com o jogador.

Internamente, o Flamengo parece não considerar uma troca de jogadores envolvendo Gabigol. A multa rescisória para o exterior está estimada em € 35 milhões, enquanto para o futebol brasileiro é ainda maior, considerada “impagável”. Assim, a menos que haja um acordo para a renovação do contrato, Gabigol poderá cumprir seu contrato até o final, semelhante a outros jogadores que deixaram o clube recentemente​​.